Conexões entre inteligência política e manutenção do poder em Nicolau Maquiavel

Fábio Régio Bento

Resumo


O Príncipe, escrito em 1513 e publicado em 1531, quatro anos depois da morte de Nicolau Maquiavel (1469-1527), após mais de cinco séculos de sua redação continua sendo reproposto permanentemente por meio de várias traduções, nem sempre coerentes com o texto de 1513. De fato, como constatou Marques (2006, p.41), o Maquiavel de O Príncipe ainda continua sendo apresentado como “um professor do mal”. Ao contrário, porém, do que afirma o senso comum, o secretário florentino não foi maquiavélico.

Neste artigo, por meio do estudo direto de O Príncipe com o texto em italiano de 1513 (MACHIAVELLI, 1988), e com o auxílio da tradução de Maria Lucia Cumo (MAQUIAVEL, 1996), analisaremos as conexões em O Príncipe entre inteligência política e manutenção virtuosa do poder, sustentando que O Príncipe não é um livro amoral, nem imoral, mas de moral política da manutenção inteligente do poder segundo o que Maquiavel compreende por virtudes políticas.


Palavras-chave


Maquiavel, O Príncipe, manutenção do poder

Texto completo:

PDF

Referências


CROCE, Benedetto. Etica e politica. Bari: Laterza, 1931.

D’ADDIO, Mario. Storie delle dottrine politiche. Gênova: ECIG, 1995.

MACHIAVELLI, Niccolò. Il Principe. La Spezia: Fratelli Melita Editori, 1988.

MAQUIAVEL. Nicolau. O Príncipe. Tradução de Maria Lucia Cumo. Rio de

Janeiro: Paz e Terra, 1996.

MARQUES, L. Maquiavel e sua época. In: Revista história viva: Maquiavel – o gênio de Florença. São Paulo: Duetto. n, v.15, 2006

PIZZORNI, R. Storia delle dottrine politiche. Roma: 1989.

VILLARI, Pasquale. Lo spirito dei tempi. In: Niccolò Machiavelli – Opere. Milão: Gherardo Casini Editore, 1989, p.17-25.




DOI: http://dx.doi.org/10.23899/relacult.v1i1.1

Apontamentos





Direitos autorais 2015 Fábio Régio Bento

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

RELACult - Revista Latino-Americana de Estudos em Cultura e Sociedade

e-ISSN: 2525-7870

Facebook - Twitter - Instagram

Endereço eletrônico: relacult@claec.org


Qualis CAPES: B2 - Ensino; B4 - Interdisciplinar; B5 - Ciência Política e Relações Internacionais; B5 - Comunicação e Informação; B5 - Letras/Linguística; B5 - Ciências Agrárias I; C - Ciências Biológicas II; C - Direito; C - História e C - Sociologia.

 

Responsável Editorial:

Editora CLAEC - Centro Latino-Americano de Estudos em Cultura

www.claec.org/editora

Endereço eletrônico: editora@claec.org