O uso de medicamentos no processo de trabalho educativo nas Escolas de Educação Infantil

Autores

  • Janaina Barela Meireles Universidade Federal de Pelotas

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v2i1.24

Palavras-chave:

, intensification, medicine, precariousness, presenteeism, teaching work.

Resumo

Este texto discute o consumo de medicamentos na rotina de trabalho das professoras e auxiliares que atuam em Escolas Municipais de Educação Infantil de 16 cidades do estado do Rio Grande do Sul. Esse consumo está relacionado às altas exigências e inúmeras demandas que se impõem sobre essas profissionais, que acabam recorrendo ao uso de medicamentos na busca de um reequilíbrio e uma readaptação para manterem-se num nível de bem estar em sua profissão. Os dados foram obtidos através da aplicação de dois instrumentos: o Questionário Sobre o Conteúdo do Trabalho e um Questionário Complementar.

Metrics

Carregando Métricas ...

Downloads

Publicado

09/03/2016

Como Citar

Meireles, J. B. (2016). O uso de medicamentos no processo de trabalho educativo nas Escolas de Educação Infantil. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 2(1), 343–345. https://doi.org/10.23899/relacult.v2i1.24

Edição

Seção

Dossiê - Formação Acadêmica, Educação e Sociedade