O Boletim de Ariel e sua abrangência no cenário literário e cultural brasileiro na década de 1930

Autores

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v7i2.2031

Resumo

Este artigo se propõe a refletir sobre a importância da publicação Boletim de Ariel, da Editora Ariel, sediada no Rio de Janeiro para o cenário cultural brasileiro. A revista era publicada mensalmente e trazia textos sobre literatura, artes e cultura em geral, apresentando lançamentos de livros, crítica literária, e até mesmo debates sobre política e religião. Conseguiu atrair escritores de diferentes estilos e vertentes, caracterizando-se como uma publicação heterogênea, que contou com a colaboração de diferentes autores, com opiniões e visões de mundo diversas. Nesse sentido, tentou-se demonstrar como a revista esteve inserida em importantes debates do período, que ultrapassavam as barreiras culturais, refletindo sobre a importância dos periódicos, a produção cultural modernista como um todo e sua relação com as discussões políticas e sociais da época.

Palavras-chave: Boletim de Ariel; Editora Ariel; Literatura brasileira do século XX; Modernismo no Rio de Janeiro; Revistas literárias.

Biografia do Autor

Andressa Marzani, Secretaria de Estado da Educação do Paraná (SEED-PR)

Doutoranda em Estudos Literários pela Universidade Federal do Paraná. Mestre em História pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Especialista em Literatura Brasileira e História Nacional pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). Graduação em História pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Professora da Educação Básica dos Componentes Curriculares de História e Ensino Religioso da Secretaria de Estado da Educação do Paraná, atuando desde 2019 no âmbito da educação escolar indígena. E-mail: andressamarzani@gmail.com.

Referências

CANDIDO, A. Literatura e sociedade. 9ª ed. revisada pelo autor. Rio de Janeiro: Ouro Sobre Azul, 2006. (Obra Completa)

CHAVES, E. M. Entrevistas relativas a O Mundo Literário. Revista Inst. Est. Bras. (24), p. 165-176, 1982. Disponível em: <http://www.revistas.usp.br/rieb/article/viewFile/69714/72372 >. Acesso: 02.01.2021. (Artigo em Periódico Físico Digitalizado)

GOMES, A. C. Essa gente do Rio... Os intelectuais cariocas e o modernismo. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v. 6, n. 11, p. 62-77, 1993. (Artigo em Periódico Físico)

LUCA, T. R. Periódicos lançados por editoras: o caso do Boletim de Ariel (1931-1939). História (São Paulo), v. 36, e. 32, 2017. p. 1-18. ISSN 1980-4369. Disponível em:

<https://www.scielo.br/pdf/his/v36/1980-4369-his-36-e32.pdf> Acesso em: 07.jan.2021. (Artigo em Periódico Digital)

___________. Editoras e publicações periódicas: o caso do Boletim de Ariel. Anais do XVIII Encontro Regional de História – O historiador e seu tempo. ANPUH/SP – UNESP/Assis, 24 a 28 de julho de 2006. Cd-rom. Disponível em: <http://www.anpuhsp.org.br/sp/downloads/CD%20XVIII/pdf/ORDEM%20ALFAB%C9TICA/Tania%20Regina%20de%20Luca.pdf>. Acesso: 15.fev.2017. (Trabalho em Anais de Congresso)

MENEZES, R. Verbete “Gastão Luís Cruls”. In: ___________. Dicionário literário brasileiro ilustrado. Vol. II. São Paulo: Edição Saraiva, 1969. p. 411-412. (Verbete)

SENNA, H. Volta ao “Heroísmo”. In: ______. República das letras. 2ª ed. revista e ampliada. Rio de Janeiro: Gráfica Olímpica Editora, 1968. p.31-50. (Capítulo de Livro)

VELLOSO, M. P. Modernismo no Rio de Janeiro: turunas e quixotes. Rio de Janeiro: Editora Fundação Getúlio Vargas, 1996. (Obra Completa)

Downloads

Publicado

09/10/2021

Como Citar

Marzani, A. . (2021). O Boletim de Ariel e sua abrangência no cenário literário e cultural brasileiro na década de 1930. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 7(2). https://doi.org/10.23899/relacult.v7i2.2031

Edição

Seção

Artigos - Fluxo Contínuo