DISCUTINDO O GÊNERO, SEXUALIDADE E AS DIVERSIDADES NA INFÂNCIA ATRAVÉS DO PNAIC

Autores

  • Ariana Souza Cavalheiro Universidade Federal do Rio Grande - FURG

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v5i4.1376

Palavras-chave:

Artefatos Culturais, Infâncias, Gênero, PNAIC, Sexualidade.

Resumo

Esta pesquisa teve como objetivo analisar se/como as discussões sobre os gêneros e as sexualidades foram apresentadas dentro do Programa Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa – PNAIC. Programa destinado à alfabetização das crianças a partir de seis anos e, também, à formação continuada de professoras/es alfabetizadoras/es, que atuam nas turmas de 1º, 2º e 3º anos do Ensino Fundamental, constituindo o “Ciclo de Alfabetização”. A proposta, foi investigar nos materiais: Manual do PNAIC, o Material de Formação de Professores/as e as obras de literatura infantil do Acervo Complementar, as possibilidades que permitem discutir temas relacionados aos gêneros e as sexualidades, no espaço da sala de aula. Como metodologia, foi utilizada a pesquisa documental contemplando a seleção dos artefatos. Para análise e discussão dos dados, foi utilizado a Análise Cultural, a qual permitiu abordar e apresentar a cultura como uma produção social delineada pelas transformações contemporâneas, além de entender os materiais do PNAIC como artefatos culturais. Buscou-se dialogar com autoras/es como Hall, Silva, Louro, Scott, Veiga-Neto, entre outros, os quais permitem aprofundar os conceitos embasados no pós-estruturalismo e possibilitam pensar e refletir sobre feminilidades, masculinidades, artefatos culturais, pedagogias culturais, gêneros, sexualidades e infâncias. Entendendo o quanto estes artefatos são emergentes no que tange as problemáticas sobre como se (re)produzem e veiculam representações de gênero e sexualidade na atual sociedade e formação de professores/as.

Biografia do Autor

Ariana Souza Cavalheiro, Universidade Federal do Rio Grande - FURG

Educação

Referências

ABRAMOVICH. Fanny. Literatura Infantil: gostosuras e bobices / Fanny Abramovich. – São Paulo: Scipione, 2009. (Coleção Pensamento e ação na sala de aula).

ARIÉS, P. História social da criança e da família. Trad Dora Flaksman. 2. Ed. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos, 1981.

BRASIL, Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil/ Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. – Brasília: MEC/SEF. 1998. 3v.: il.

BRASIL, Secretaria de Educação Básica. Parâmetros Curriculares Nacionais. 1ª a 4ª série. Brasília: MEC, 1997. 142p.

BRASIL, Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Pacto Nacional Pela Alfabetização na Idade Certa: formação de professor no pacto nacional pela alfabetização na idade certa/ Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. – Brasília: MEC, SEB, 2012. 39 p.

BRASIL, Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Pacto nacional pela alfabetização na idade certa : currículo na alfabetização : concepções e princípios : ano 1 : unidade 1 / Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. -- Brasília : MEC, SEB, 2012. 57 p.

BRASIL, Secretaria da Educação Básica. Acervos Complementares: Alfabetização e Letramento nas diferentes áreas do conhecimento/ Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica. – Brasília: A Secretaria, 2012. 140 p. : il.

BRASIL, Ensino fundamental de nove anos : orientações para a inclusão da criança de seis anos de idade / organização Jeanete Beauchamp, Sandra Denise Pagel, Aricélia Ribeiro do Nascimento. – Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2007.135 p. : il.

BUJES, Maria Isabel Edelweiss. Infância e Maquinarias/ Maria Isabel Edelweiss Bujes. – Rio de Janeiro: DP&A, 2002.

CAMARGO, Ana Maria Faccioli de. Sexualidad (s) e infância (s): a sexualidade como um tema transversal/ Ana Maria Faccioli de Camargo, Claudia Ribeiro; coordenação Ulisses F. Araújo. – São Paulo: Moderna; Campinas, SP: Editora da Universidade de Campinas, 1999. – (Educação em pauta: Temas Transversais).

ESCOSTEGUY, Ana Carolina D. Cartografias dos Estudos Culturais – Uma versão latino – americana. --- Belo Horizonte: Autêntica, 2001.

FELIPE, Jane; GUIZZO, Bianca Salazar; BECK, Dinah Quesada, (organizadoras.)/ Infâncias, gêneros e sexualidade nas tramas da cultura e da educação. – Canoas: Ed. ULBRA, 2013.

FOUCAULT, Michel. História da sexualidade I: A vontade de saber, tradução de Maria Thereza da Costa Albuquerque e J. A. Guilhon Albuquerque. – 1ª ed. São Paulo, Paz e Terra, 2014.

FURLANI, Jimena. O bicho vai pegar! – um olhar pós-estruturalista à educação sexual a partir de livros paradidáticos infantis. Tese de doutorado – Programa de pós-graduação em educação/ Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS.

GIROUX, Henry A. Atos impuros: a prática política dos estudos culturais/ Henry A. Giroux; trad. Ronald Cataldo Costa. – Porto Alegre: Artmed, 2003.

GIROUX, Henry A. Memória e pedagogia no maravilhoso mundo da Disney. SILVA, Tomas Tadeu da. Alienígenas na sala de aula: uma introdução aos estudos culturais em educação. Petrópolis: Editora Vozes, 2005.

GOUVÊA, M. C, Soares de. Imagem do negro na literatura infantil brasileira: análise historiográfica. Educação e Pesquisa, São Paulo, volume 31, n. 1 pp. 79-91, jan-abr/2005. Acessado em 20/8/2014. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ep/v31n1/a06v31n1

GUIMARÃES, Isaura. Educação Sexual na Escola: mito e realidade/ Isaura Guimarães – Campinas, SP: Mercado de Letras, 1995.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade/ Stuart Hall; tradução Tomaz Tadeu da Silva, Guacira Lopes Louro. Rio de Janeiro. Lamparina. 2014.

HARAWEY, Donna. “Gênero” para um dicionário marxista: a política sexual de uma palavra. Cadernos Pagu, n.22. 2004.

LOURO, Guacira Lopes. O currículo e as diferenças sexuais e de gênero. In: O currículo nos limites do contemporâneo. Marisa Vorraber Costa, org. – Rio de Janeiro: DP&A, 2005.

LOURO, Guacira Lopes. Gênero, sexualidade e educação: Uma perspectiva pós-estruturalista. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 2013a.

LOURO, Guacira Lopes. FELIPE, Jane. GOELLNER, Silvia Vilodre. (Orgs.) Corpo, gênero e sexualidade: um debate contemporâneo na educação. 9, ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2013b.

LOURO, O corpo educado: pedagogias da sexualidade/ Guacira Lopes Louro (organizadora); Tradução dos artigos: Tomaz Tadeu da Silva – 3.ed. – Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2013c.

LUDKE, M. e ANDRÉ, M. E. D. A., Pesquisa em Educação: Abordagens qualitativas. São Paulo. E.P.U., 1986.

MAIO, Eliane Rosa. O nome da coisa/ Eliane Rosa Maio. – Maringá: UNICORPORE, 2011.

MATTELART, Armand. Introdução aos Estudos Culturais/ Armand Mattelart, Érik Neveu/ [trad.] Marcos Marcionilo. – São Paulo: Parábola Editorial, 2004.

POSTMAN, Neil. O Desaparecimento da Infância. Tradução: Suzana Menescal de A. Carvalho e José Laurenio de Melo. Rio de Janeiro: Grafhia Editorial, 1999.

RIBEIRO, Claudia Maria. Gênero e Sexualidade no cotidiano de processos educativos: “Apesar de tanta sombra, apesar de tanto medo”. In: Gênero, direitos e diversidade sexual: trajetórias escolares/ organizadoras Eliane Rose Maio, Crishna Mirella de Andrade Correa. – Maringá: Eduem, 2013.

RIBEIRO, Paula Regina Costa; ÁVILA, Dárcia Amaro. Sujeitos, histórias, experiências, trajetórias... A narrativa como metodologia na pesquisa educacional. In: Pesquisas em Educação: experimentando outros modos investigativos. Coleção cadernos Pedagógicos da EaD Volume 18. 2013.

ROSSEAU, Jean-Jacques. Emílio ou da Educação. Tard. Sérgio Milliet. 3. Ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1995.

SABAT, Ruth. Pedagogia cultural, gênero e sexualidade. Revista Estudos Feministas, ano 9, 2º semestre de 2001.

SILVA, Tomaz Tadeu da. Currículo e Identidade Social: Territórios

Contestados. In: SILVA, Tomaz Tadeu da. Alienígenas em sala de

aula. Uma introdução aos estudos culturais em educação. Petrópolis,

RJ: Vozes, 2005.

SILVA, Tomas Tadeu da. A pedagogia como cultura, a cultura como pedagogia. In: SILVA, Tomas Tadeu da. Documentos de Identidade: uma introdução às teorias do currículo. Belo Horizonte: Autêntica, 2013.

TONIETTE, M. Augusto. Um breve olhar histórico sobre a história da homossexualidade. Revista Brasileira de Sexualidade Humana, São Paulo: Iglu. v. 17, n.1, p.42-52, jan./jun. 2006.

TREICHLER, P. A.; GROSSBERG, L.. Estudos culturais: uma

introdução. In: SILVA, T. T. (Org.) Alienígenas na sala de aula: uma introdução

aos estudos culturais em educação. Petrópolis: Vozes, 1995.

WORTMANN, Maria Lúcia Castanha. Análises Culturais – Um modo de lidar com histórias que interessam à educação. In: Caminhos investigativos II: outros modos de pensar e fazer pesquisa em educação/ Marisa Vorraber Costa (organizadora) – 2. Ed. Rio de Janeiro: Lamparina editora, 2007.

XAVIER FILHA, Constantina . Livros como instrumentos de dispositivos pedagógicos para a educação da infância. In: ANPED - SUL, 2010, Londrina/PR. ANPED-SUL 2010: Formação, ética e políticas: qual pesquisa? qual educação?. Londrina, PR: Universidade Estadual de Londrina, 2010.

XAVIER FILHA, Constantina. Gênero, sexualidade e diferença em livros para a infância. In: Educação para a sexualidade/ Ana Cláudia Bortolozzi Maia ... [et al.]; [organizadores:] Joanalira Corpes Magalhães; Paula Regina Costa Ribeiro. – Rio Grande: Ed. Da FURG, 2014.

Downloads

Publicado

05/05/2019

Como Citar

Cavalheiro, A. S. (2019). DISCUTINDO O GÊNERO, SEXUALIDADE E AS DIVERSIDADES NA INFÂNCIA ATRAVÉS DO PNAIC. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 5(4). https://doi.org/10.23899/relacult.v5i4.1376

Edição

Seção

IV - Encontro Humanístico Multidisciplinar