Um esboço sobre a realidade da gurizada das margens do Arroio Santa Bárbara a partir da fotografia como jogo de linguagem

Autores

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v5i4.1263

Palavras-chave:

Ceval, fotografia, jogo de linguagem

Resumo

Nosso estudo se deteve sobre um recorte da realidade, utilizando fotografias, a partir do projeto de extensão sobre reforço escolar que estava inserido no Programa de Extensão, entre os anos de 2006 e 2010, “Ação Interdisciplinar de atenção integral a carroceiros e catadores de lixo que trabalham às margens do arroio Santa Bárbara em Pelotas” sob a responsabilidade da Faculdade de Veterinária/UFPel e da FaE/UFPel. A comunidade ainda é caracterizada como de vulnerabilidade social extremada, despossuída de bens econômicos e com frágeis vínculos sociais. O projeto teve por objetivo a criação de um espaço que possibilitasse o desenvolvimento de práticas complementares à educação regular ministrada nas instituições educacionais. Ao longo do projeto havia o hábito de registrar sem pretensão acadêmica ou artística, em uma máquina digital, cenas do cotidiano de nosso trabalho. Imbuídos de curiosidade a respeito das possibilidades do registro fotográfico capturamos uma sequência de fotos e a partir daí consideramos a fotografia como jogo de linguagem para entender uma realidade social.

Biografia do Autor

Heloisa Helena Duval de Azevedo, UFPel

Possui graduação em Filosofia pela FAFIMC (1996), mestrado (2001) e doutorado (2005) em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Atualmente é Professora Adjunta do Departamento de Fundamentos da Educação da Faculdade de Educação/UFPel. Tem experiência na área de Filosofia, Educação e Educação a Distância. Os seguintes temas são trabalhados: filosofia da educação, filosofia da linguagem e educação, educação popular, educação a distância, filosofia contemporânea, metodologia científica, e educação do campo. É líder do grupo de pesquisa EADEM (Educação Interativa, Estudos e Movimentos) e Tutora PET GAPE.

Referências

AZEVEDO, Heloisa Helena Duval de Azevedo. O viés austríaco da virada linguística. In: AZEVEDO, Heloisa Helena Duval de Azevedo; OLIVEIRA, Neiva Afonso; GHIGGI, Gomercindo. Interfaces: temas de educação e filosofia. Pelotas: Editora e gráfica universitária/UFPel, 2009. p. 55-69. (Capítulo de livro)

BAKER, G.P. & HACKER, P.M.S. Scepticism, Rules and Language. Oxford: Basil Blackwell, 1984. (Obra completa)

BARTHES, Roland. A câmara clara: notas sobre a fotografia. Lisboa: Edições 70, 2008. (Obra completa)

CASTEL, Robert. A dinâmica dos processos de marginalização: da vulnerabilidade a “desfiliação”. Caderno CRH, Salvador, n. 26/27, p. 19-40, jan./dez. 1997. Disponível em:<http://www.cadernocrh.ufba.br/viewarticle.php?id=193>. Acesso em: 20 set. 2017. (Artigo em periódico digital)

LYOTARD, Jean-François. A condição pós-moderna. Rio de Janeiro: José Olympio, 2008. (Obra completa)

MAMMI, Lorenzo, SCHWARCZ, Lilian Moritz. 8 X fotografia. São Paulo: Companhia das Letras, 2008. (Obra completa)

VALERY, Paul. Degas: dança desenho. São Paulo: Cosacnaify, 2012. (Obra completa)

WITTGENSTEIN, Ludwig. Investigação Filosóficas. Petrópolis: Vozes, 1994. (Obra completa)

Downloads

Publicado

05/05/2019

Como Citar

Duval de Azevedo, H. H. (2019). Um esboço sobre a realidade da gurizada das margens do Arroio Santa Bárbara a partir da fotografia como jogo de linguagem. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 5(4). https://doi.org/10.23899/relacult.v5i4.1263

Edição

Seção

IV - Encontro Humanístico Multidisciplinar