Imagens em construção: satisfação corporal e transtornos alimentares em acadêmicos da área da saúde

Autores

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v4i0.759

Palavras-chave:

Ciências Humanas, Ciências Sociais

Resumo

O presente estudo teve como objetivo analisar a satisfação com a imagem corporal dos acadêmicos do primeiro ano de cursos da área da saúde da Universidade Federal do Rio Grande e, ainda, identificar a existência de comportamentos de risco para o desenvolvimento de transtornos alimentares, mais especificamente da anorexia nervosa e da bulimia nervosa. Participaram da pesquisa 111 alunos de ambos os sexos, dos cursos de Educação Física, Enfermagem, Medicina e Psicologia. Foram utilizados dois instrumentos de pesquisa, os quais são questionários autoaplicáveis: a Escala de Satisfação com a Imagem Corporal (ESIC) e o Teste de Atitudes Alimentares (EAT-26). Entre os resultados, 52,25% dos participantes relataram insatisfação com a própria aparência e 63,97% se disseram insatisfeitos com o seu peso. O curso que apresentou as maiores médias na ESIC e, consequentemente, maior satisfação tanto com a imagem corporal quanto com o peso, foi o curso de Educação Física. No Teste de Atitudes Alimentares (EAT-26), 18,9% (21 participantes) tiveram positividade, ou seja, apresentaram comportamento de risco para o desenvolvimento de transtornos alimentares, sendo que, 90,48% (19) deste grupo são mulheres e, no tocante ao curso, a Enfermagem teve 43,48% (10) dos seus alunos com EAT+. Verificamos ainda que existe correlação positiva e moderada, com significância estatística (p= 0,05, p≤0,01), entre os dois instrumentos (ESIC e EAT-26), indicando que quando a insatisfação com a imagem corporal é alta, o comportamento de risco para o desenvolvimento de transtornos alimentares também tende a ser alto.

Biografia do Autor

Raquel Pereira Quadrado, Universidade Federal do Rio Grande - FURG

Programa de Pós-Graduação em Ciências: Química da Vida e Saúde

Referências

AMERICAN PSYCHIATRIC ASSOCIATION. Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais: DSM-5. 5. ed. - Porto Alegre: Artmed, 2014.

BIGHETTI, Felícia. Tradução e Validação do Eating Attitudes Test (EAT-26) em adolescentes do sexo feminino na cidade de Ribeirão Pedro/SP. Dissertação de Mestrado. Ribeirão Preto: USP, 2003.

BOSI, Maria Lúcia Magalhães, et al. Comportamento alimentar e imagem corporal entre estudantes de educação física. Jornal Brasileiro de Psiquiatria. Rio de Janeiro: v. 57, n. 1, fev/2008, p. 28-33.

CICCO, Marina Fibe de, et al. Imagem corporal, práticas de dietas e crenças alimentares em adolescentes e adultas. Psicologia Hospitalar. São Paulo: v. 4, n. 1, jan/2006, p. 12-17.

CLAUDINO, Angélica de Medeiros; ZANELLA, Maria Teresa. Guia de transtornos alimentares e obesidade. Barueri, SP: Manole, 2005.

DAMICO, José Geraldo Soares. Práticas corporais e transtornos alimentares: como e onde adolescentes aprendem a usar estratégias de emagrecimento. Dissertação de Mestrado. Porto Alegre: UFRGS, 2003.

DANCEY, Christine P.; REIDY, John. Estatística sem Matemática para Psicologia: usando SPSS para Windows. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2006.

ESCURSELL, Rosa María Raich. A avaliação do transtorno da imagem corporal. In: CABALLO, Vicente E. (Org.). Manual para Avaliação Clínica dos Transtornos Psicológicos: transtornos da idade adulta e relatórios psicológicos. São Paulo: Santos, 2012, p. 169-184.

FERREIRA, Maria Cristina; LEITE, Neíse Gonçalves de Magalhães. Adaptação e validação de um instrumento de avaliação da satisfação com a imagem corporal. Avaliação Psicológica. Porto Alegre: v. 1, n. 2, nov/2002, p. 141-149.

GALVÃO, Ana Luiza, et al. Etiologia dos transtornos alimentares. In: NUNES, Maria Angélica, et al. (Org.). Transtornos alimentares e obesidade. Porto Alegre: 2006, p. 32-50.

GARCIA, Luana, et al. Auto-percepção da imagem corporal em estudantes de educação física e medicina. Revista Brasileira de Atividade Física & Saúde. Pelotas: v. 16, n. 1, 2011, p. 25-30.

IDA, Sheila Weremchuk. Anorexia e bulimia: uma perspectiva social. Porto Alegre: Dissertação de Mestrado do PPGSI da UFRGS, 2008.

MAUSS, Marcel. Sociologia e Antropologia. São Paulo: Cosac Naify, 2003.

NUNES, Maria Angélica, et al. Distúrbios da Conduta Alimentar: considerações sobre o Teste de Atitudes Alimentares (EAT). Revista Associação Brasileira de Psiquiatria – Associación Psiquiatríca de la America Latina. São Paulo: v. 16, n. 1, jan-mar/1994, p.7-10.

NUNES, Maria Angélica, et al. Influência da percepção do peso e do índice de massa corporal nos comportamentos alimentares anormais. Revista Brasileira de Psiquiatria. São Paulo, v. 23, n. 1, mar/2001, p. 21-27.

OLIVEIRA, Fátima Palha, et al. Comportamento alimentar e imagem corporal em atletas. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. São Paulo: v. 9, n. 6, nov-dez/2003, p. 348-356.

OLIVEIRA, Letícia Langlois. Jovens com comportamentos de risco para o desenvolvimento de transtornos alimentares: variáveis culturais e psicológicas. Porto Alegre: Tese de Doutorado do PPGP da UFRGS, 2009.

PEREIRA, Alexandre. Guia Prático de Utilização do SPSS – análise de dados para Ciências Sociais e Psicologia. 6. ed. Lisboa: Sílabo, 2006.

SANT’ANNA, Denise Bernuzzi de. Políticas do Corpo. São Paulo: Estação Liberdade, 1995.

SANTE, Ana Beatriz. Auto-imagem e características de personalidade na busca de Cirurgia Plástica Estética. Ribeirão Preto: Dissertação de Mestrado do PPGP da USP, 2008.

SAUR, Adriana Martins. Imagem corporal: auto-satisfação e representação psíquica em Desenhos da Figura Humana. Ribeirão Preto: Dissertação de Mestrado do PPGP da USP, 2007.

STENZEL, Lucia Marques. A influência da imagem corporal no desenvolvimento e na manutenção dos transtornos alimentares. In: NUNES, et al. (Org.). Transtornos Alimentares e Obesidade. Porto Alegre: Artmed, 2006, p. 74-81.

TAVARES, Maria da Consolação G. Cunha F. Imagem Corporal: conceito e desenvolvimento. Barueri/SP: Manole, 2003.

TORDERA, Conxa Perpiñá, et al. A avaliação dos transtornos alimentares. In: CABALLO, Vicente E. (Org.). Manual para Avaliação Clínica dos Transtornos Psicológicos: transtornos da idade adulta e relatórios psicológicos. São Paulo: Santos, 2012, p. 185-207.

Downloads

Publicado

28/02/2018

Como Citar

Pinto, D. C. D., & Quadrado, R. P. (2018). Imagens em construção: satisfação corporal e transtornos alimentares em acadêmicos da área da saúde. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 4. https://doi.org/10.23899/relacult.v4i0.759

Edição

Seção

Dossiê: ESTUDOS DE GÊNERO, FEMINISMO E SEXUALIDADES

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)