Processo de identificação: entre a memória e a história

Autores

  • Naiara Souza da Silva Universidade Católica de Pelotas
  • Stella Aparecida Leite Lima Universidade Católica de Pelotas

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v4i0.740

Palavras-chave:

Identificação, Memória, Tatuagem.

Resumo

Este trabalho reúne reflexões acerca da linguagem, da história, da ideologia e do inconsciente na construção da identidade do sujeito, esta resultante de processos de identificação. Fundamentadas na teoria interpretativa da Análise de Discurso (AD), de filiação em Michel Pêcheux, nosso interesse está em compreender a historicidade de sentidos atribuídos ao estado do Rio Grande do Sul, para analisar a tatuagem da bandeira Farroupilha materializada no corpo de determinado sujeito. Nesse caminho, recorremos à memória, enquanto categoria de análise, procurando compreender o funcionamento da discursividade presente na tatuagem em questão.

Biografia do Autor

Naiara Souza da Silva, Universidade Católica de Pelotas

Doutoranda em Letras: Linguística Aplicada pelo Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Católica de Pelotas. Graduada em Letras, habilitação Português/Inglês e Mestre em Letras pela mesma instituição de ensino. Especialista em Docência no Ensino Superior pela Faculdade São Luís.

Stella Aparecida Leite Lima, Universidade Católica de Pelotas

Mestre em Letras; Curso de Pós-Graduação em Letras: Linguística Aplicada da Universidade Católica de Pelotas; Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil

Referências

ALTHUSSER, Louis. Ideologia e Aparelhos Ideológicos do Estado. Tradução de Joaquim José de Moura Ramos. Lisboa: Presença, 1970.

CASTRO. Ana Lúcia de. Culto ao corpo: identidades e estilos de vida. In: Corpo território da cultura. Organizadoras: Maria Lúcia Bueno e Ana Lúcia de Castro. São Paulo: Annablume, 2005.

ERNST-PEREIRA, Aracy. A falta, o excesso e o estranhamento na constituição/interpretação do corpus discursivo. IV SEMINÁRIO DE ESTUDOS EM ANÁLISE DO DISCURSO: 1969-2009: MEMÓRIA E HISTÓRIA NA/DA ANÁLISE DO DISCURSO – IV SEAD, 10 a 13 de nov., 2009. Porto Alegre. Anais do evento, 2009.

INDURSKY, Freda. A memória na ceda do discurso. In: Memória e história na/da Análise de Discurso. Organizadoras: Freda Indursky, Solange Mittmann e Maria Cristina Leandro Ferreira. Campinas, SP: Mercado das Letras, 2011.

______. Políticas do esquecimento x Políticas de resgate da memória. In: Análise de Discurso em Rede: Cultura e Mídia. Organizadoras: Giovanna Benedetto, Nádia Neckel e Solange Gallo. Campinas, SP: Pontes Editores, 2015.

LEANDRO-FERREIRA, Maria Cristina. O Corpo enquanto objeto discursivo. In: Análise do Discurso em perspectiva: teoria, método e análise. Organizadoras: Verli Petri e Cristiane Dias. Santa Maria: Editora da UFSM, 2013.

MITTMANN, Solange. Análise do discurso no Brasil: mapeando conceitos, confrontando limites. Organizadoras: Maria Cristina Leandro Ferreira e Freda Indursky. São Carlos: Claraluz, 2007.

NORA, Pierre. Entre memória e história: a problemática dos lugares. Projeto História. Tradução: Iara Aun Khoury. São Paulo, n. 10. Dez., 1993.

PÊCHEUX, Michel. Por uma análise automática do discurso. 4. ed. Tradução: Bethania Mariani et al. Oganizadores: Françoise Gadet e Tony Hak. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 1990/2010.

______. Semântica e Discurso: uma crítica a afirmação do óbvio. Tradução: Eni Puccinelli Orlandi et al. 4. ed. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 1988/ 2009.

PETRI, Verli. Imaginário sobre o gaúcho no discurso literário: da representação do mito em ‘Contos Gauchescos’, de João Simões Lopes Neto, à desmitificação em ‘Porteira Fechada’, De Cyro Martins. 2004. 332 f. Tese de Doutorado. Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS. Porto Alegre, mai., 2004.

______. A produção de sentidos sobre o gaúcho: um desafio social no discurso da história e da literatura. Conexão Letras. Revista do Programa de Pós-Graduação em Letras da UFRGS, Porto Alegre, n. 4, 2009.

SILVA, Naiara. Tatuagens: sujeitos e sentidos. 2014. 153f. Dissertação de mestrado. Universidade Católica de Pelotas – UCPEL. Pelotas, dez., 2014.

Downloads

Publicado

28/02/2018

Como Citar

Silva, N. S. da, & Lima, S. A. L. (2018). Processo de identificação: entre a memória e a história. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 4. https://doi.org/10.23899/relacult.v4i0.740

Edição

Seção

Dossiê: CULTURA, FRONTEIRA E RELAÇÕES INTERNACIONAIS