A Ponte da Amizade selando as relações Brasil-Paraguai

Autores

  • Milena Costa Mascarenhas Unioeste

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v3i3.632

Palavras-chave:

Ponte Internacional da Amizade, subimperialismo, Stroessner, geopolítica Brasil-Paraguai

Resumo

Este trabalho visa compreender melhor as relações internacionais entre os governos do Brasil e do Paraguai, a partir da década 50 com a ascensão do general Stroessner ao governo do Paraguai, via golpe de Estado, e a consolidação de novas diretrizes do Estado em relação aos seus vizinhos no Cone Sul, em particular ao Brasil. A construção da Ponte Internacional da Amizade, símbolo da geopolítica brasileira e paraguaia, materializou as intenções políticas, econômicas, sociais e culturais do Brasil e do Paraguai, e ao mesmo tempo, trouxe dúvidas, questionamentos, resistências e críticas.

Biografia do Autor

Milena Costa Mascarenhas, Unioeste

Doutoranda do Programa de Pós graduação da Unioeste.

Downloads

Publicado

31/12/2017

Como Citar

Mascarenhas, M. C. (2017). A Ponte da Amizade selando as relações Brasil-Paraguai. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 3(3). https://doi.org/10.23899/relacult.v3i3.632

Edição

Seção

Artigos - Fluxo Contínuo