O aluno faz-se agente ao se ver como EU, ESCRITOR...

Autores

  • Alessandra Fontes C. da R. K. Pereira Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Mariana de Avellar Guimarães Telles Monteiro Universidade Federal do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v3i3.511

Palavras-chave:

Oficina, Escola Municipal, Autonomia.

Resumo

O objetivo deste trabalho é relatar a experiência da oficina pedagógica "EU, ESCRITOR... A arte de ler, pensar, refletir, saborear, produzir...” que foi realizada ao longo do ano de 2016, no município do Rio de Janeiro. A Escola Municipal Finlândia, que recebeu a oficina durante todo o ano, está localizada no bairro do Camorim e atende aos alunos de áreas como as comunidades César Maia, Cidade de Deus e Gardênia Azul. O público da escola é de jovens do 7º ao 9º ano do Ensino Fundamental. A oficina "EU, ESCRITOR..." foi um trabalho desenvolvido visando estimular a capacidade crítica e reflexiva dos alunos a partir de três aspectos fundamentais: o ato de ler, pensar e escrever. Para tanto, foi respeitado o princípio em que o aluno é agente ativo do seu processo de aprendizagem. Dessa forma, a oficina foi aberta à toda a comunidade escolar e os alunos tinham autonomia para decidir se participariam ou não, além de opinarem sobre o que deveria ser abordado. 

Biografia do Autor

Alessandra Fontes C. da R. K. Pereira, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Professora da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro

Mariana de Avellar Guimarães Telles Monteiro, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Faculdade de Letras da UFRJ, Português-Literaturas

Downloads

Publicado

31/12/2017

Como Citar

Pereira, A. F. C. da R. K., & Monteiro, M. de A. G. T. (2017). O aluno faz-se agente ao se ver como EU, ESCRITOR. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 3(3). https://doi.org/10.23899/relacult.v3i3.511

Edição

Seção

Artigos - Fluxo Contínuo