“A África está aqui!”: Desconstrução de concepções etnocêntricas na História afrobrasileira

Autores

  • Kênya Jessyca Martins de Paiva Universidade Federal do Pampa
  • Mariana Soares da Silva Universidade Federal do Pampa

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v6i5.1897

Palavras-chave:

Ensino de História, História Afrobrasileira, Políticas, Cultura

Resumo

O trabalho parte das atividades realizadas na disciplina de Estágio III, do curso de História, da Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA). O estágio ocorreu no Clube Social 24 de Agosto, localizado em Jaguarão, em 2013, e teve como objetivo construir instrumentos metodológicos para o desempenho de uma ação docente que percebesse o ensino de História presente em diferentes espaços. A proposta prática foi surgindo a partir da pesquisa do acervo da instituição, em que foram analisadas fontes escritas, bibliográficas e atas, bem como por meio do diálogo com os membros do clube. Visando demonstrar e mediar o conhecimento sobre a cultura afrodescendente, confeccionamos uma exposição na Escola Estadual de Ensino Fundamental Pio XII, intitulada “A África está aqui! Um pouco das histórias do Clube 24”. Posteriormente, realizamos uma oficina de máscaras africanas, com o intuito de aproximarmos os alunos de uma prática usual dessa cultura. A intenção das ações foi fazer com todos tivessem maior contato com a cultura afro, desenvolvendo uma percepção crítica para desconstruir concepções etnocêntricas legitimadas por um ensino de História tradicional. Conseguimos alcançar alguns dos objetivos, como a problematização das crianças em relação ao tema, visto que a todo o momento surgiram várias perguntas, por exemplo, sobre o que era um quilombo e o que era um continente, além delas relacionarem a capoeira com as suas vidas. Nesse sentido, verificamos a relevância desse trabalho para auxiliar na construção de cidadãos pensantes e preocupados com questões sociais e étnico-raciais.

Biografia do Autor

Kênya Jessyca Martins de Paiva, Universidade Federal do Pampa

Graduada em História pela Universidade Federal do Pampa Campus Jaguarão; Rio Grande do Sul; Brasil.

Mariana Soares da Silva, Universidade Federal do Pampa

Graduada em História pela Universidade Federal do Pampa Campus Jaguarão; Rio Grande do Sul; Brasil.

Referências

- Entrevista:

LIMA, Viviane. Entrevista concedida a Kênya Jessyca Martins de Paiva e à Mariana Soares da Silva. Jaguarão, 2013.

- Obras gerais:

ABAIXO-ASSINADO de apoio ao Clube 24 de Agosto da cidade de Jaguarão-RS na luta pela manutenção de sua sede social. Petição Pública Brasil. Disponível em: https://peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=clube24. Acesso em: 10 maio 2013.

BRASIL. Ministério da Cultura; Fundação Cultural Palmares. O Negro no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: IPHAN, 2005.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei nº 10.639, de 9 de janeiro de 2003. Altera a Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática “História e Cultura Afro-Brasileira” e dá outras providências. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, p. 1, 10 jan. 2003. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2003/ l10.639.htm. Acesso em: 10 maio 2020.

FRAGA, Hilda Jaqueline. A cidade e seus percursos educativos: fontes e abordagens para o ensino e a pesquisa em História. In: ENCONTRO ESTADUAL DE HISTÓRIA – ANPUH – RS, 10., 2010, Santa Maria. Anais eletrônicos [...]. Santa Maria: UFSM; UNIFRA, 2010. p. 1-11. Disponível em: http://www.eeh2010.anpuh-rs.org.br/resources/anais/9/1279468467_ ARQUIVO_ArtigoANPHU2010.pdf. Acesso em: 20 abr. 2013.

FRANCO, Sérgio da Costa. Gente e coisas da fronteira sul: ensaios históricos. Porto Alegre: Sulina, 2001.

NUNES, Juliana dos Santos. “Somos o Suco do Carnaval!”: a marchinha carnavalesca e o cordão do Clube Social 24 de Agosto. 2010. 75f. Monografia (Graduação em História) – Instituto de Ciências Humanas, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2010.

PERRENOUD, Philippe. Formar professores em contextos sociais em mudança. Prática reflexiva e participação crítica. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, n. 12, p. 5-21, set./dez. 1999. Disponível em: http://anped.tempsite.ws/novo_portal/rbe/rbedigital/ RBDE12/RBDE12_03_PHILIPPE_PERRENOUD.pdf. Acesso em: 21 abr. 2013.

RICARDO, Janice de Ávila. O Clube Negro 24 de Agosto: lugares de história e memória. Jaguarão, 2010.

VAINFAS, Ronaldo. Ideologia e Escravidão: os letrados e a sociedade no Brasil colonial. Petrópolis: Vozes, 1986.

Downloads

Publicado

18/12/2020

Como Citar

Martins de Paiva, K. J., & da Silva, M. S. (2020). “A África está aqui!”: Desconstrução de concepções etnocêntricas na História afrobrasileira. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 6(5). https://doi.org/10.23899/relacult.v6i5.1897

Edição

Seção

EDIÇÃO ESPECIAL - SEMANA ACADÊMICA DO CURSO DE PEDAGOGIA