“E então só ficam as histórias…” Relato de Experiência das Rodas de Conversa\Leitura na comunidade quilombola de Chumbo no município de Poconé em Mato Grosso/BR

Autores

  • Cleonice Terezinha Fernandes UNIC - Universidade de Cuiabá
  • Iane Thé Pontes SEBRAE -MT - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas.
  • Edenar Souza Monteiro UNIC - Universidade de Cuiabá
  • Maria das Graças Campos UNIC - Universidade de Cuiabá

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v6i6.1790

Resumo

O presente relato trata do processo vivenciado nas Rodas de Leitura/conversa, quinzenalmente, junto às lideranças dos quilombos do município de Poconé, Mato Grosso. As Rodas aconteceram de maneira centralizada na comunidade quilombola de Chumbo e faziam parte de um projeto maior do SEBRAE/MT para identificação dos sistemas produtivos das comunidades quilombolas tradicionais de Mato Grosso, cujo objetivo era propor metodologias de promoção da melhoria da qualidade de vida. Dentre os cento e quarenta e três (143) municípios de MT, dez (10) possuíam comunidades quilombolas, perfazendo 69 quilombos na época com processos formalizados pelo INCRA. Dentre estes o município de Poconé possuía 27 deles, motivo para ser eleito para o trabalho em tela. Na Roda agregaram-se oficinas de capoeira, amarração em tecido, maquiagem, culinária/dança e penteados afro-brasileiros, percussão, teatro, arte-educação, Dança Circular. Este texto expressa a visão da autora, sobre os desdobramentos em ações/produções de autoria do grupo, propiciadas a partir das rodas de leituras/diálogos e da intertextualidade possibilitada pelo documento de apoio: o livro História e Cultura Negra – Quilombos em Mato Grosso (SEDUC/MT, 2008) - ferramenta didática para os professores das escolas estaduais e municipais em cumprimento a Lei Nº 10.639 de 2003 que altera a LDB – Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (9394/96), ao incluir no currículo oficial da rede de ensino a obrigatoriedade da temática História e Cultura Afro-Brasileira e desvelar a história de nossa mãe África. Desenvolvida na perspectiva do movimento internacional Educação para a Paz, o processo da Roda possibilitou uma revisão crítica sobre a história nacional e local, suas imbricações com a história concreta vivida durante a colonização da região, passando a se constituir como um bom referencial para a continuidade da proposta de revitalização das comunidades tradicionais de Mato Grosso na perspectiva do seu protagonismo histórico, necessário e cada dia mais emergente.

Biografia do Autor

Cleonice Terezinha Fernandes, UNIC - Universidade de Cuiabá

Pós doutora pela Universidade de Huelva\Espanha no programa de Ensino de Ciências Experimentais, Sociais e Matemática; Doutora pela UTAD - Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro/Portugal - Ciências da Motricidade. Bióloga, professora no PPGEn - mestrado em ensino da UNIC - Universidade de Cuiabá em associação ampla com o IFMT - Instituto Federal de Mato Grosso. Atuou em Educação Matemática, Especial e Inclusiva por 32 anos no Ensino Básico - classes regulares e centros de recursos. Foi membro da CBS - Comissão Brasileira de Estudos e Pesquisas de Soroban da SEESP/MEC (2001- 2008), e co-autora de duas publicações (2006 e 2011) na área da educação matemática para cegos na Coleção Escola Inclusiva do MEC. Pesquisadora em: ensino, motricidade, dificuldades/transtornos de aprendizagem, educação ambiental e educação infantil, ciências para crianças, alfabetização matemática, inclusão, pedagogia sistêmica e neurociências no ensino; cujas atuais investigações dos mestrandos sob sua orientação, incidem em práticas de meditações ativas na escola - mente\corpo\cognição (mindfullness). Em 2017\18 deu consultoria ao MEC\SECADI para o Atendimento Educacional Especializado - AEE - nas Salas de Recursos Multifuncionais das regiões Sul e Centro-Oeste do Brasil. Desenvolveu em 2018 pesquisa pós doutoral na Universidade de Huelva-Espanha sobre conhecimento especializado do professor de matemática - MTSK - Mathematics Teachers Specialized Knowledge sob supervisão do professor Dr. José Carrillo Yánez (Pepe Carrillo). Atualmente investiga BTSK - conhecimento especializado do professor de Biologia. Integra um projeto de experimentos de ensino (educação matemática) em convênio de cooperação técnica internacional entre PPGEn UNIC\IFMT e Universidade de Huelva\Espanha; integra a REAMEC - Rede Amazônia de Educação em Ciências e Matemática.

Iane Thé Pontes, SEBRAE -MT - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas.

Engenheira civil e analista do SEBRAE\MT;interaa área de  obras e serviços de engenharia da Unidade de Logística.

Edenar Souza Monteiro, UNIC - Universidade de Cuiabá

Doutora em Educação pela UFMT integra o mestrado em Ensino da UNIC\IFMT; Pesquisa tecnologiais digitais em ensino;metodologias ativas de aprendizagem.

Maria das Graças Campos, UNIC - Universidade de Cuiabá

Dutora em Educação pela UFMT integra o mestrado em Ensino da UNIC\IFMT; Pesquisa e produz em narrativas autobiográficas; EJA e Ensino no Brasil; Políticas públicas. 

Referências

ADICHIE, C. N. O perigo da História única (Conferência). TED. 2012, Disponível em https://www.youtube.com/watch?v=EC-bh1YARsc Acesso em: out. 2019.

BAHIA. DO (Diário Oficial). Boletim online da Companhia de Processamento de Dados da Bahia (PRODEB) em 26 de maio de 2005. Disponível em: <http://www.prodeb.ba.gov.br/modules/news/article.php?storyid=386 > Acesso em: 25 out. 2019.

BRASIL. Lei Nº 10.639 de 2003. Altera a LDB – Lei de Diretrizes e Bases da Educação nacional (Lei 9394/96) e inclui no currículo oficial da rede de ensino a obrigatoriedade da temática História e Cultura Afro-Brasileira. Disponível em <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2003/L10.639.htm> Acesso em: jun. 2019.

CPISP – Comissão Pró-índio de São Paulo. 2015. Disponível em: http://www.cpisp.org.br Acesso em: out 2019.

COSTA, L. Escravidão Negra no Brasil. 2011. Disponível em: <http://stravaganzastravaganza.blogspot.com.br/2011/02/escravidao-negra.html> Acesso em: jun. 2019.

CNE – Conselho Nacional de Educação. Nota pública do CNE dirigida às assembleias legislativas, câmara legislativa do DF e vereadores, aos Conselhos estaduais, distritais e municipais de Educação e a sociedade brasileira. Setembro 2015. Disponível em: http://www.cnte.org.br/index.php/comunicacao/noticias/15472-nota-publica-as-assembleias-legislativas-a-camara-legislativa-do-df-as-camaras-de-vereadores-aos-conselhos-estaduais-distrital-e-municipais-de-educacao-e-a-sociedade-brasileira.html Acesso em: nov 2019.

GONÇALVES, G; LEITÃO, J. C.; SANTOS, J. Gerir estereótipos: ao longo da vida: uma convivência difícil. In: MOREIRA, M. H.; GABRIEL, R. C. Menopausa em Forma: Promoção do Exercício e da Saúde em Mulheres Pós-menopáusicas. Lisboa: Sociedade Portuguesa de Menopausa, 2009.

KILOMBA, G. Memórias da Plantação: episódios de racismo cotidiano. Rio de Janeiro: Cobogó, 2019.

PETRY, J. Os atrevidos dominam o mundo. São Paulo: Academia, 2018.

SANTOS, B. de S. Pela Mão de Alice: o social e político na pós-modernidade. 7.ed. Porto: Edições Afrontamento, 1999.

SEDUC/MT. História e Cultura Negra – Quilombos em Mato Grosso. Cuiabá: Secretaria de Educação,2008.

SILVA, M. L. Racismo e os efeitos na saúde mental. In: I Seminário Saúde da População Negra. FUNASA, 2004. Anais ... Disponível em: http://www.mulheresnegras.org/doc/livro%20ledu/129-132MariaLucia.pdf Acesso em: out. 2019

SILVA, M. L.; MIRANDA, D. Saúde mental e racismo. In: III Conferência Nacional de Saúde Mental, Brasília/DF. Anais ... Brasília, dez. 2001.

MUNANGA, K. Nosso racismo é um crime perfeito (entrevista à revista Fórum). Revista Fórum, 0922012. Disponível em: https://revistaforum.com.br/revista/77/nosso-racismo-e-um-crime-perfeito/ Acesso em: 29 nov.2019.

Downloads

Publicado

30/04/2021

Como Citar

Fernandes, C. T., Pontes, I. T., Monteiro, E. S., & Campos, M. das G. (2021). “E então só ficam as histórias…” Relato de Experiência das Rodas de Conversa\Leitura na comunidade quilombola de Chumbo no município de Poconé em Mato Grosso/BR. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 6(6). https://doi.org/10.23899/relacult.v6i6.1790

Edição

Seção

I - Congresso Internacional Online de Estudos sobre Culturas