Foto-diálogos: ensaios sobre o invisível e o inominável em gêneros e sexualidades

Autores

  • Dilliany Justino de Lima Universidade Federal da Integração Latino-Americana

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v5i5.1605

Palavras-chave:

fotografia, gênero, identidade, sexualidade, subjetividade

Resumo

O presente trabalho pretende questionar e refletir sobre a beleza, subjetividade e identidade em corpos cotidianamente violentados pelas estruturas de poder vigentes em nossa sociedade. Seja por questões de classe, raça e/ou gênero, padrões estéticos e de comportamento, a normatização da beleza e das identidades atravessa corpos muitas vezes invisibilizados e subjugados na perspectiva do “outro” dominante. Neste trabalho, o objetivo é materializar e instrumentalizar, por meio da fotografia, a visibilidade e a autonomia na escolha de como esses corpos querem ser vistos. Partindo-se da ideia de formação e construção de identidades e subjetividades sob grande influência do olhar do “outro”, a fotografia será utilizada como instrumento de valorização e subversão da ordem heteronormativa, de feminilidades e masculinidades estabelecidas. Numa proposta que poderia ser chamada de foto-diálogo, fotógrafa, fotografados e fotografadas mergulham numa profunda reflexão sobre o quê somos, porquê somos e o quê queremos ser.

Biografia do Autor

Dilliany Justino de Lima, Universidade Federal da Integração Latino-Americana

Pós-graduanda em Direitos Humanos na América Latina pela Universidade Federal da Integração Latino-Americana; pós-graduada em Fotografia – Imagem, Memória e Comunicação; graduada em Comunicação Social – Jornalismo pela Universidade Federal Fluminense; Foz do Iguaçu, Paraná, Brasil

Referências

BARTHES, Roland. A câmara clara: nota sobre a fotografia. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1984.

BENTO, Berenice. O que é transexualidade. Brasiliense, 2008.

BUTLER, Judith. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira, 2003.

BUTLER, Judith. Relatar a si mesmo: crítica da violência ética. São Paulo: Autêntica, 2015.

CRENSHAW, Kimberlé. Documento para o encontro de especialistas em aspectos da discriminação racial relativos ao gênero. Estudos feministas, v. 10, n. 1, p. 171, 2002.

FLUSSER, Vilém. Filosofia da caixa preta. Ensaios para uma futura filosofia da fotografia. São Paulo: Annablume, 2011.

FOUCAULT, Michel. História da sexualidade (vols. 1, 2 e 3). Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2013.

HALL, Stuart. Da diáspora: Identidades e mediações culturais. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2003.

LOURO, Guacira Lopes. Gênero e sexualidade: pedagogias contemporâneas. Pro-posições, v. 19, n. 2, p. 17-23, 2008.

ROUILLÉ, André. A fotografia: entre documento e arte contemporânea. Senac, 2009.

SONTAG, Susan. Diante da dor dos outros. Editora Companhia das Letras, 2003.

SONTAG, Susan. Sobre fotografia. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.

SPIVAK, Gayatri Chakravorty. Pode o Subalterno Falar? Belo Horizonte: Editora UFMG, 2010.

Downloads

Publicado

31/05/2019

Como Citar

de Lima, D. J. (2019). Foto-diálogos: ensaios sobre o invisível e o inominável em gêneros e sexualidades. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 5(5). https://doi.org/10.23899/relacult.v5i5.1605

Edição

Seção

II - Seminário Latino-Americano de Estudos em Cultura