Diversidade cultural e a preservação de acervos audiovisuais do eixo sul

Autores

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v5i5.1464

Palavras-chave:

Políticas culturais, Estudos em Cultura, Diversidade, Mercosul, Preservação audiovisual.

Resumo

O artigo proposto desenvolve algumas reflexões a partir dos resultados de três etapas da  pesquisa “Preservação Audiovisual entre o Global e o Local”: a) análise do Programa Mercosul Audiovisual, que inseriu a “conservação do patrimônio regional” entre seus objetivos centrais; b)  as políticas brasileiras para a preservação audiovisual, chegando até c) suas reverberações na esferalocal, na produção audiovisual do Estado da Bahia. Através de revisão de literatura, análise documental e entrevistas com pessoas-chave buscamos entender qual o lugar da preservação audiovisual nessas três esferas, com ênfase nas propostas concretas de atuação setorial e seus resultados. A indagação que nos guia é qual a consequência das políticas de preservação audiovisual (ou sua ausência) para a diversidade cultural dos países do Mercosul?

Biografia do Autor

Laura Bezerra, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - UFRB

Laura Bezerra é doutora em Cultura e Sociedade pelo Instituto de Humanidades Artes e Ciências Prof. Milton Santos (IHAC) da Universidade Federal da Bahia (Salvador, 2013). Mestre em Literatura e Ciência da Mídia pela Universität Trier (Alemanha, 2001) e graduada em Direção Teatral pela Universidade Federal da Bahia (1985). Professora adjunta, vice-diretora e assessora do Centro de Cultura, Linguagens e Tecnologias Aplicadas da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (CECULT/UFRB). Coordenadora do projeto Filmografia Baiana. Pesquisadora do CULT (Centro de Estudos Multidisciplinares em Cultura). Membro da Associação Brasileira de Preservação Audiovisual (ABPA), que presidiu no biênio 2014-2016. Entre 2012-2014 exerceu o cargo de Assessora de Formação em Cultura na Secretaria de Cultura do Estado da Bahia. Áreas de atuação: Política e Gestão da Cultura; Formação em Cultura; Preservação Audiovisual; Cinema.

Joanderson da Silva Santos, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - UFRB

Egresso do Bacharelado Interdisciplinar em Cultura, Linguagens e Tecnologias Aplicadas da UFRB; participou como voluntário de Iniciação Científica dos projetos de pesquisa “Preservação Audiovisual entre o Global e o Local” e “Filmografia Baiana”; Bertioga, São Paulo, Brasil.

Referências

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PRESERVACAO AUDIOVISUAL. Plano Nacional de Preservação Audiovisual. Disponível em: < http://www.abpreservacaoaudiovisual.org/site /abpa/plano-nacional-de-preservacao.html >. Acesso em: out. 2018.

BAECQUE , Antoine de. Cinefilia – Invenção de um Olhar, História de uma Cultura 1944-1968. São Paulo: Cosac & Naify, 2011.

BARROS, J.M.: DUPIN, Giselle; KAUARK, Giuliana. Cultura e Diversidade. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2017.

BERNARD, François de. Por uma redefinição do conceito de diversidade cultural. In: BRANT, Leonardo. Cultura: Globalização e culturas locais. São Paulo: Escrituras Editora/Instituto Pensarte, 2005.

BEZERRA, Laura. O Plano Estratégico Patrimonial do Programa Mercosul Audiovisual e suas influências nas políticas de preservação audiovisual no Brasil. In: III Encontro Brasileiro de Pesquisa em Cultura, 2016, Crato- CE. Anais... . Juazeiro do Norte-CE: Universidade Federal do Cariri, p. 156-166.

_______. Políticas Regionais de Preservação Audiovisual: o Plano Estratégico Patrimonial do Programa Mercosul Audiovisual. In: XI REUNIÓN DE ANTROPOLOGIA DEL MERCOSUR, 2015, Uruguai. Anales... Montevideu: UDELAR, 2015.

_______. Políticas para a preservação audiovisual no Brasil (1995-2010). 2013. Tese (doutorado) – Universidade Federal da Bahia, Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Professor Milton Santos, Salvador, 2013.

BEZERRA, Laura; SANTOS, Tamara Carla. Preservação Audiovisual entre o Regional e o Local. Ou: Para Que Serve Um Plano? In: XII Encontro de Estudos Multisdisciplinares em Cultura, 2016, Salvador-. Anais... .: Salvador-BA. Universidade Federal do Bahia, p. 156-166.

CALABRE. Lia (Org.). Políticas culturais: reflexões e ações. São Paulo: Itaú Cultural; Rio de Janeiro: Fundação Casa de Rui Barbosa, 2009.

CANCLINI, Néstor García. O Patrimônio Cultural e a Construção do Imaginário Nacional. Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, n. 23, p. 95-115, 1994.

EDMONDSON, Ray. Filosofia e princípios da arquivística audiovisual. Rio de Janeiro: ABPA; Cinemateca do MAM-RJ, 2013.

FREY, Klaus. Políticas Públicas: um debate conceitual e reflexões referentes à prática das políticas públicas no Brasil. IPEA. Planejamento e políticas públicas - PPP, n. 21, p. 211-259, 2000. Disponível em:< http://www.ipea.go.br/ppp/index.php/PPP/article/view/89 >. Acesso: mai. 2018

FURTADO, Celso. Cultura e desenvolvimento em época de crise. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1984.

GALVÃO, Maria Rita. La situación del património fílmico em Iberoamerica, Journal of Film Preservation, n. 71, p. 42-61, 2006.

HEFFNER, Hernani; HALLAK, Raquel; HALLAK, Fernanda (Orgs.). Reflexões sobre a preservação audiovisual. Ouro Preto: Universo Produções, 2015.

KAUARK, G.; BARROS, J. M.; MIGUEZ, P. (orgs.) Diversidade Cultural: políticas, visibilidades midiáticas e redes. Salvador: Edufba, 2015.

LE GOFF, Jacques. História e memória. Campinas: Editora da Unicamp, 1996.

MIGUEZ, Paulo. Algumas notas sobre comércio intenacional de bens e serviços culturais. In: BARBALHO, A.; CALABRE, L.; MIGUEZ, P.; ROCHA, R. (Orgs.). Cultura e Desenvolvimento: perspectivas políticas e econômicas. Salvador: Edufba, 2011, p. 57-70.

MOREIRA, F.; BEZERRA, L.; ROCHA, R. A Secretaria do Audiovisual: políticas de cultura, políticas de comunicação. In: RUBIM, Antonio Albino Canelas (Org.). Políticas Culturais no Governo Lula. Salvador: Edufba, 2010, p.133-158.

RECAM. Plan Estratégico Patrimonial do PMA. Buenos Aires, noviembre de 2013. Disponível em: < http://www.recam.org/pma/files/other/164/Plan%20Estrategico% 20Patrimonial.pdf>. Acesso em: out. 2014.

ROCHA, Glauber. Revisão Crítica do Cinema Brasileiro. São Paulo: Cosac & Naify, 2003.

SOUZA, Carlos Roberto de. A Cinemateca Brasileira e a preservação de filmes no Brasil. 2009. Tese (Doutorado em Ciência da Comunicação) – Escola de Comunicação e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.

UNESCO. Convenção para a Proteção e a Promoção da Diversidade das Expressões Culturais. Paris, 2005. Disponível em: < http://www.cultura.gov.br/politicas5/-/asset_publisher/WORBGxCla6bB/content/convencao-sobre-a-protecao-e-promocao-da-diversidade-das-expressoes-culturais/10913>. Acesso em: jul. 2015.

_______. Recommendation for the Safeguarding and Preservation of Moving Images. Conferência Geral da UNESCO, Belgrado, 1980. Disponível em: <http://portal.unesco.org/en/ ev.php-URL_ID=13139&URL_ DO=DO_TOPIC&URL_SECTION=201.html>. Acesso em: jul. 2008.

VIEIRA, Mariella Pitombo. Reinventando sentidos para a cultura: uma leitura do papel normativo da Unesco através da análise da convenção sobre a proteção e promoção da diversidade das expressões culturais. Salvador, 2009. Tese (doutorado) - Universidade Federal da Bahia, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, 2009.

Downloads

Publicado

31/05/2019

Como Citar

Bezerra, L., & Santos, J. da S. (2019). Diversidade cultural e a preservação de acervos audiovisuais do eixo sul. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 5(5). https://doi.org/10.23899/relacult.v5i5.1464

Edição

Seção

II - Seminário Latino-Americano de Estudos em Cultura