Um grito de negritude: Experiências na formação de leitores/escritores no programa Mais Educação

Autores

  • Agnaldo Mesquita de Lima Junior Universidade Federal do Pampa
  • Ida Maria Morales Marins Universidade Federal do Pampa
  • Santiago Bretanha Freitas Universidade Federal do Pampa

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v1i02.139

Palavras-chave:

Leitura, Produção textual, experiência docente

Resumo

Este estudo tem por objetivo expor o relato de atividades desenvolvidas pelo projeto “Experiência de leitura/escrita: a formação de leitores/escritores”, focando-se no sub-projeto “(Di)versificando: diferença na escola”, especificamente no módulo I “Um grito de negritude”. Este trabalho vem sendo realizado junto ao Programa Mais Educação da Escola Municipal de Ensino Fundamental Marechal Castelo Branco, com o objetivo de oferecer aos alunos uma relação prazerosa com a leitura e produção de diversos textos, focando assim na formação do leitor/escritor de textos literários. Dessa forma, serão apresentadas as referências teóricas e metodológicas utilizadas para ancorar o referido módulo, bem como uma breve descrição das atividades realizadas seguidas de reflexões sobre o trabalho docente. 

Referências

ANDRADE, I. P. Construindo a auto-estima da criança negra. In: MUNANGA, K. (Org). Superando o Racismo na escola. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria

de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade, 2005.

BETTELHEIM, B. A psicanálise dos contos de fada. Tradução de Arlene Caetano. São Paulo: Paz e Terra, 2011. 26ª reimpressão.

BRASIL, Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais : apresentação dos temas transversais: ética. Brasília: MEC/SEF, 1998.

______. Lei 10.639 de 09 de janeiro de 2003 que altera a Lei 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática “História e cultura Afro-Brasileira”, e dá outras providências. Brasília, 2003.

COSSON, R. Letramento literário: teoria e prática. São Paulo: Contexto, 2006.

GOMES, N. L. Educação e Relações Raciais: Refletindo sobre Algumas Estratégias de Atuação In: MUNANGA, K. (Org). Superando o Racismo na escola. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade, 2005.

DI NIZO, R. Escrita criativa: o prazer da linguagem. São Paulo: Summus, 2008.

RAMOS, J. M. O espaço da oralidade na sala de aula. São Paulo: Martins Fontes, 2002. 3ª tiragem.

RUIZ, E. D. Como se corrige redação na escola. Campinas: Mercado de Letras, 2001.

Downloads

Publicado

31/12/2015

Como Citar

de Lima Junior, A. M., Morales Marins, I. M., & Bretanha Freitas, S. (2015). Um grito de negritude: Experiências na formação de leitores/escritores no programa Mais Educação. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 1(02), 12–20. https://doi.org/10.23899/relacult.v1i02.139

Edição

Seção

Dossiê - Educação, Política e Sociedade