Currículo, gênero e sexualidade: uma análise sobre as práticas discursivas e não-discursivas que reforçam posições de gênero e sexualidade na escola

Autores

  • Juliane dos Santos Porto Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v5i4.1264

Palavras-chave:

Currículo, Escola, Gênero, Sexualidade

Resumo

Entendendo que discursos neoconservadores proliferam na educação brasileira, no atual contexto, e reforçam posições binárias e heteronormativas de gênero e sexualidade nas escolas, o propósito desse estudo teórico é problematizar essas práticas discursivas e não-discursivas em expansão. Afinal a escola é um dos espaços onde se estabelece o que é o masculino e o feminino por meio de processos de rotulação e segregação. Os currículos incidem sobre a produção de subjetividades e podem naturalizar posições de gênero e sexualidade. A questão que se coloca é desnaturalizar essas verdades tratadas como absolutas. Intensificar discursos em defesa de currículos e práticas pedagógicas que abordem diferenças de gênero e sexualidades nas escolas. Pois, há outras práticas discursivas e não-discursivas que disputam legitimidade e que funcionam como linhas de fuga ao padrão estabelecido. Essas forças não deixam de habitar, circular e resistir no interior das escolas.

Biografia do Autor

Juliane dos Santos Porto, Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA

Graduada em Letras – Português e suas respectivas literaturas; discente do Programa de Mestrado Acadêmico em Ensino; membro do grupo de pesquisa Philos Sophias;Universidade Federal do Pampa;  Bagé, Rio Grande do Sul, Brasil; juporto9000@hotmail.com

Referências

BUTLER, J. Problemas de gênero: Feminismo e subversão da identidade. Trad. Sob a direção de Renato Aguiar. 11. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2016.

DELEUZE, G. GUATARRI, F.; Mil Platôs: capitalismo e esquizofrenia 2. Trad. Sob a direção de Ana Lúcia de Oliveira, Aurélio Guerra Neto e Célia Pinto Costa. 2 ed. São Paulo: Editora 34, 2011.

SALIH, S. Judith Butler e a teoria queer. Trad. Sob a direção de Guacira Lopes Louro. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2015.

FISHER, R. M. B. Foucault e a análise do discurso em educação. Cad. Pesqui. [online]. 2001, n.114, pp.197-223. ISSN 0100-1574. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-15742001000300009. Acesso em: 01 out. 2018.

FOUCAULT, M. A ordem do discurso. Aula inaugural no College d’e France, proninciada em 2 de dezembro de 1970. Trad sob a direção de Laura Fraga de Almeida Sampaio. São Paulo: Edições Loyola, 1996.

LOPES, A. C. MACEDO, E. Currículo: debates contemporâneos. São Paulo: Cortez, 2002.

LOURO, G. L. Gênero Sexualidade e Educação: Uma perspectiva pós-estruturalista. Rio de Janeiro: Vozes, 1997.

SILVA, T. T. Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais/Tomaz Tadeu da Silva (org). Stuart Hall, Kathryn Woodward. Trad. Sob a direção de Tomaz Tadeu da Slva. Rio de Janeiro: Editora Vozes, 2014.

________________. Identidade: uma introdução às teorias do currículo. 2 ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2007.

EL PAÍS Brasil. Disponível em: https://brasil.elpais.com/brasil/2016/06/23/politica/1466654550_367696.html. Acesso em: 05 dez. 2018.

Revista EXAME. Disponível em: https://exame.abril.com.br/brasil/brasil-tem-5-5-milhoes-de-criancas-sem-pai-no-registro/. Acesso em: 20 dez. 2018.

Portal de notícias G1. Disponível em: https://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/maioria-dos-casos-de-violencia-sexual-contra-criancas-e-adolescentes-ocorre-em-casa-notificacao-aumentou-83.ghtml. Acesso em: 29 jan. 2019.

___________________. Disponível em: https://g1.globo.com/economia/noticia/em-10-anos-brasil-ganha-mais-de-1-milhao-de-familias-formadas-por-maes-solteiras.ghtml. Acesso em: 20 jan. 2019.

Downloads

Publicado

05/05/2019

Como Citar

Porto, J. dos S. (2019). Currículo, gênero e sexualidade: uma análise sobre as práticas discursivas e não-discursivas que reforçam posições de gênero e sexualidade na escola. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 5(4). https://doi.org/10.23899/relacult.v5i4.1264

Edição

Seção

IV - Encontro Humanístico Multidisciplinar