Falando sobre o “desconhecido”: reflexões acerca de comentários homofóbicos produzidos numa postagem do Facebook sobre os estudos de gênero na Geografia.

Autores

  • Diego Miranda Nunes Universidade Federal do Rio Grande

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v5i4.1235

Resumo

O estudo é resultado da análise de uma postagem e de seus comentários realizados no ciberespaço, na rede social Facebook, proferidos por uma figura pública de um partido político no município do Rio Grande - RS, acerca das discussões de gênero nas Ciências Humanas, em específico, na Geografia. Apresentamos uma reflexão sobre o “desconhecido”, aferindo que no campo disciplinar da ciência geográfica, os estudos de gênero e sexualidades são discutidos a mais de 40 anos. A partir da análise da publicação, apontamos que a postagem e seus comentários são marcados por discursos homofóbicos e atravessados por olhares conservadores e de desconhecimento sobre o que a ciência geográfica estuda. Entendemos que os estudos de gênero na Geografia são potentes para uma visão ampliada do espaço geográfico, sabendo que este é produzido por sujeitos e seus marcadores sociais. Com isso, compreendemos que abordar os estudos de gênero e sexualidades em áreas tradicionais é dar visibilidade a grupos, historicamente marginalizados e, com isso, reduzir as desigualdades sócioespaciais.

Downloads

Publicado

05/05/2019

Como Citar

Nunes, D. M. (2019). Falando sobre o “desconhecido”: reflexões acerca de comentários homofóbicos produzidos numa postagem do Facebook sobre os estudos de gênero na Geografia. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 5(4). https://doi.org/10.23899/relacult.v5i4.1235

Edição

Seção

IV - Encontro Humanístico Multidisciplinar