Mapeamento de Pesquisas Sobre Tecnostress em Professores de Matemática

Autores

  • Fabrine Diniz Pereira Universidade Federal de Pelotas - UFPel
  • Thaís Philipsen Grützmann Universidade Federal de Pelotas - UFPel
  • Tanise Paula Novello Universidade Federal do Rio Grande - FURG

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v5i4.1234

Palavras-chave:

Matemática, Professor, Tecnologias, Tecnostress.

Resumo

As inovações tecnológicas vêm transformando os ambientes sociais e de trabalho, nesse contexto, surge a necessidade de se promover espaços de discussão sobre os impactos causados pelas mudanças que as tecnologias digitais causam no cotidiano profissional dos professores, pois estes podem trazer sentimentos negativos àqueles que ainda têm um estranhamento frente às ferramentas tecnológicas, especialmente as digitais. Emerge então, o termo tecnostress que é conceituado como um estado psicológico negativo relacionado com o uso de tecnologias da informação e comunicação (TIC) ou com a ameaça de seu uso futuro. Com esse entendimento, o presente trabalho parte do desejo investigativo de mapear os estudos acadêmicos realizados no âmbito de dissertações, teses e artigos sobre o tecnostress em professores de Matemática. Observou-se que no Brasil, as pesquisas acadêmicas e científicas relacionadas ao estudo do tecnostress são deficitárias, ainda que, represente uma temática pertinente ao contexto da docência na atualidade, o que reafirma a necessidade de fomentar pesquisas sobre o tecnostress na docência por meio de programas de pós-graduação, pois estas podem contribuir para a promoção de estratégias que visem o bem-estar dos professores na era digital.

Referências

CAMARGO, A. R. O. A utilização de instrumentos tecnológicos no cotidiano escolar: condições, interações, possibilidades e impactos nas relações de ensino. 106f. Tese (doutorado). Universidade Estadual de Campinas. Campinas. 2013. Disponível em: < http://repositorio.unicamp.br/bitstream/REPOSIP/250795/1/Camargo_AndreiaReginadeOliveira_M.pdf > Acesso em: 15 dez. 2018.

FERREIRA, N. S. A. As Pesquisas Denominadas “Estados da Arte”. Educação & Sociedade, Campinas, n. 79, p. 257-272, agosto/2002.

HADDAD, S. Juventude e escolarização: uma análise da produção de conhecimentos. Brasília, DF: MEC/Inep/Comped, 2002.

LEMOS, A. LÉVY, P. O futuro da internet: em direção a uma ciberdemocracia planetária. São Paulo: Paulus, 2010.

LÉVY, P. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 2010.

LIPP, M. N.; MALAGRIS, L. N. Stress. São Paulo: Contexto, 2003.

PRENSKY, M. Digital Natives, Digital Immigrants. MCB University Press, Bradford, v. 9, n 5, 2001. Disponível em: <http://www.marcprensky.com/writing/Prensky%20-%20Digital%20Natives,%20Digital%20Immigrants%20-%20Part1.pdf>. Acesso em: 2 ago. 2018.

SALANOVA, M. Trabajando com tecnologías y afrontando El tecnoestrés: El rol de las creencias de eficacia. Revista de Psicología del Trabajo y de lãs Organizaciones, v. 19, n. 3, p. 225-246, 2003.

SANTOS, E. C. M. Educação escolar e mediação: impactos das tecnologias digitais no processo de formação. 87f. Dissertação (mestrado) – Universidade Estadual Paulista. Araraquara. 2014. Disponível em: < https://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/123862/000828990.pdf?sequence=1&isAllowed=y > Acesso em: 12 dez. 2018.

SILVA, E. S. A integração das tecnologias à licenciatura em matemática: percepções do professor formador sobre dificuldades e desafios para a formação inicial. 199f. Dissertação (mestrado) – Universidade da Paraíba, Campina Grande, 2017. Disponível em: < http://tede.bc.uepb.edu.br/jspui/handle/tede/2768> Acesso em: 12 dez. 2018.

SILVA, R. C. Impactos, dificuldades e avanços na inserção de tecnologias na cultura escolar. 2014, 106 f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Mestrado em Educação, Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Francisco Beltrão, 2014.

TAPSCOTT, D. Grown up digital: how the net generation is changing your world. New York: McGraw-Hill, 2009.

Downloads

Publicado

05/05/2019

Como Citar

Pereira, F. D., Grützmann, T. P., & Novello, T. P. (2019). Mapeamento de Pesquisas Sobre Tecnostress em Professores de Matemática. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 5(4). https://doi.org/10.23899/relacult.v5i4.1234

Edição

Seção

IV - Encontro Humanístico Multidisciplinar

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.