Desenvolvimento de etapas educativas: o cemitério como condutor de uma aprendizagem significativa para o ensino de História

Autores

  • Maria Cristina Pastore Universidade Federal do Rio Grande

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v5i4.1173

Palavras-chave:

estudos em cultura, ciências humanas, artes, ensino

Resumo

Este trabalho visa apresentar as considerações teóricas metodológicas sobre a aula de história realizada no cemitério como experiência educativa. A experiência ocorreu em uma turma no primeiro ano do ensino médio, pretende demonstrar que as etapas foram desenvolvidas para despertar o interesse do aluno e contemplam pré e pós a aula-visita ao cemitério, momentos na sala de aula, tarefas realizadas no domicilio do estudante, assim como no próprio local da experiência. No transcorrer das ações educativas realizadas no espaço cemitério a partir de um conteúdo curricular desenvolvido em sala de aula na disciplina de História, a presente pesquisa procura refletir as peculiaridades do e para Ensino de História a partir do espaço inusitado e pouco explorado. Inverter a lógica de uma aula convencional parte do principio dialógico e da construção do conhecimento para uma aprendizagem significativa, propicia pensar a aula e suas especificidades, principalmente busca conectar os conteúdos com a vida do aluno através do lugar escolhido. O cemitério se apresenta como lugar de invisibilidade no urbano, local pouco explorado pelo ensino de história, no entanto, possui um potencial de provocar diversas reações. Esta proposta discute o método didático desenvolvido e apresenta o cemitério como agente aglutinador assim como a temática morte. A necessidade do aluno de se apropriar desses espaços como cultura, como patrimônio, como conhecimento e saberes cotidianos, se apresenta como resultado positivo da experiência educativa. Este recorte faz parte da tese de mestrado defendido em 2016 com o titulo: “Procedimento invertido: o ensino de história a partir das inquietações de jovens estudantes sobre morte na aula-visita ao cemitério”.

Biografia do Autor

Maria Cristina Pastore, Universidade Federal do Rio Grande

Professora de Artes e HIstória Mestre em Ensino de Historia

Referências

FOUCAULT, Michel. Outros Espaços. In: (Org.:). MOTTA, Manoel Barros Michel Foucault. Estética: Literatura e Pintura, Música e Cinema. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2001.

OTOBELLI, Danúbia. Benedictus: os cemitérios de Flores da Cunha: arte, história e ideologia / Danúbia Otobelli, Gissely Lavatto Vailatti – Flores da Cunha: Seculum, 2007.

REIS, João José, 1952- A morte é uma festa: ritos fúnebres e revolta popular no Brasil do século XIX / João José Reis. – São Paulo: Companhia das Letras, 1991

NORA, Pierre. Entre memória e história: a problemática dos lugares, In: Projeto História: PUC, n. 10, p. 07-28, 1993

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL https://www.senado.leg.br/atividade/const/con1988/CON1988_05.10.1988/art_216_.asp

BRANDÃO, Carlos R. O que é educação. São Paulo: Brasiliense, 1981

ROGERS, Carl R. Liberdade de aprender. Tradução de Edgar Godoi da Mata Machado e Márcio Paulo de Andrade, Prefácio do Prof. Ruy Miranda. 4 ed. Belo Horizonte. Interlivros. 1977.

CATROGA, Fernando. O culto dos mortos como uma poética da ausência ArtCultura : Revista de História, Cultura e Arte, v. 12, n. 20, jan.-jun. 2010. — Uberlândia: Universidade Federal de Uberlândia, Instituto de História

http://www.artcultura.inhis.ufu.br/anteriorNr20.php acesso em 15.11.2015.

TORRES, Luiz Henrique. Rio Grande em tempo de cólera Rio Grande: Pluscom Editora, 2015

FONSECA, Selva Guimarães. Didática e prática de ensino de história. São Paulo:

Papirus, 8ª edição, 2009.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 2002. http://www2.uesb.br/pedh/wp-content/uploads/2014/02/Pedagogia-da-Autonomia.pdf

Downloads

Publicado

05/05/2019

Como Citar

Pastore, M. C. (2019). Desenvolvimento de etapas educativas: o cemitério como condutor de uma aprendizagem significativa para o ensino de História. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 5(4). https://doi.org/10.23899/relacult.v5i4.1173

Edição

Seção

IV - Encontro Humanístico Multidisciplinar