Refletindo sobre corpo, gênero e sexualidade através de proposição arte/educativa

Autores

  • Laura Sacco dos Anjos Torres Universidade Federal de Pelotas (UFPEL)
  • Maristani Polidori Zamperetti Universidade Federal de Pelotas

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v5i4.1133

Palavras-chave:

Corpo, cultura visual, ensino da arte, gênero, identidade.

Resumo

Este trabalho tem como objetivo destacar as representações de gênero presentes nas produções de alunxs desenvolvidas a partir de uma proposta arte/educativa que versava sobre consumo, estando este texto inserido no projeto de pesquisa Proposições arte/educativas e educação do sensível: interlocuções sobre o consumo. Assim, são problematizadas representações de gênero através da compreensão crítica da cultura visual em que os sentidos são construídos culturalmente, apresentando-se a interpretação enquanto prática social. Entende-se que as interrelações entre corpo, consumo e sexualidade são evidenciadas nos discursos propiciados através de anúncios publicitários. Nesse processo, encontram-se imbricadas relações de desigualdade social, bem como as relativas a gênero. Além da discussão a respeito dos anúncios publicitários, foram apresentadas obras de arte que viabilizam refletir sobre as questões de aquisição de produtos e suas relações com cultura, sociedade e identidade. Desse modo, a questão das visualidades é pensada juntamente com o discurso como unidade de análise para os sentidos e interações que se estabelecem, sendo utilizado como referencial teórico a perspectiva dialógica bakhtiniana. Desenvolver propostas arte/educativas em que o corpo está integrado é, portanto, um meio de problematizar questões relativas à identidade.

 

Biografia do Autor

Laura Sacco dos Anjos Torres, Universidade Federal de Pelotas (UFPEL)

Mestranda em Educação (PPGE/FaE/UFPel). Licenciada em Artes Visuais (CA/UFPel). Licenciada em Letras (UCPEL).

Maristani Polidori Zamperetti, Universidade Federal de Pelotas

Doutora e Mestra em Educação (PPGE/FaE/UFPel). Professora Adjunta no Centro de Artes da Universidade Federal de Pelotas, RS, onde ministra disciplinas na área de Fundamentos da Educação em Artes Visuais. Docente no Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE/FaE/UFPel), Mestrado e Doutorado, na Linha de Pesquisa "Formação de Professores: Ensino, Processos e Práticas Educativas". Líder do Grupo de Pesquisa: Pesquisa, Ensino e Formação Docente nas Artes Visuais (CNPQ).

Referências

AROUCA, C. Arte na escola: como estimular um olhar curioso e investigativo nos alunos dos anos finais do ensino fundamental. São Paulo: Editora Anzol, 2012.

YANGUELLO, M. Introdução. In: BAKHTIN, M. M. Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico da linguagem. Tradução de Michel Laud e Yara Frateschi Vieira. 16ª Edição. São Paulo: Hucitec, 2014.

BETTIOL, Z. Reprodução da obra Namorar. Disponível em: <http://www.zoraivabettiol.com.br/obras/pinturas>. Acesso em 11 abr. 2018.

BUTLER, J. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. Rio

de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003.

DAYRELL, J. A escola "faz" as juventudes? Reflexões em torno da socialização juvenil. Educ. Soc. [online]. 2007, vol.28, n.100, pp.1105-1128. ISSN 0101-7330. http://dx.doi.org/10.1590/S0101-73302007000300022.

DUARTE JR, F. O sentido dos sentidos: A educação do olhar sensível. 5 ed. Curitiba: Criar Edições LTDA, 2010.

FREEDMAN, K. Interpreting Gender and Visual Culture in Art Classrooms. Studies in Art Education, 35, 1994. p. 157-170.

FOUCAULT, M. Vigiar e punir: nascimento da prisão; tradução de Raquel Ramalhete. 41 ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2013.

SOBRAL, A.; GIACOMELLI, K. Observações didáticas sobre a análise dialógica do discurso – ADD. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.14393/DL23-v10n3a2016-15, 2016>. Acesso em 11 abr. 2018.

FREUD, S. Algumas consequências psíquicas da distinção anatômica entre os sexos (1925). In: FREUD, S. Obras psicológicas completas de Sigmund Freud. Volume 19 (1923-1925). O ego e o id e outros trabalhos. São Paulo: Companhia das Letras, p. 256-271, 2010.

GOLDENBERG, M. Coroas: Corpo, Envelhecimento, Casamento e Infidelidade. Rio de Janeiro: Record, 2008.

KASTRUP, V. Ensinar e aprender: falando de tubos, potes e redes. Arte na Escola, São Paulo, n.40, p.6-7, dez. 2005.

KOCH, I.; ELIAS, V. Ler e compreender: os sentidos do texto. 3 ed. São Paulo: Contexto, 2012.

LACAN, J. A significação do falo. In: LACAN, J. Escritos. Rio de Janeiro, JZE, p.692-703, 1998.

MEIRA, M. R.; PILLOTTO, S. S. D. Arte, afeto e educação: a sensibilidade na ação pedagógica. Porto Alegre, RS: Editora Mediação, 2010.

SOL. Anúncio publicitário. Disponível em: <http://sandeepmakam.blogspot.com.br/2006/11/sol-beer-from-brazil.html >. Acesso em 11 abr. 2018.

TILIO, R. de. Teorias de gênero: principais contribuições teóricas oferecidas pelas perspectivas contemporâneas. Revista Gênero, vol. 4. N.2, p.125-146, 1 sem de 2014. Disponível em: <http://www.revistagenero.uff.br/index.php/revistagenero/article/viewFile/626/380>. Acesso em 11 abr. 2018.

Downloads

Publicado

05/05/2019

Como Citar

Sacco dos Anjos Torres, L., & Polidori Zamperetti, M. (2019). Refletindo sobre corpo, gênero e sexualidade através de proposição arte/educativa. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 5(4). https://doi.org/10.23899/relacult.v5i4.1133

Edição

Seção

IV - Encontro Humanístico Multidisciplinar