A formação continuada de professores e a educação inclusiva sob o prisma do ensino de nove anos e da Base Nacional Comum Curricular

Autores

  • Mirian Saraiva Pureza UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG
  • Elisabeth Brandão Schmidt UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v5i4.1131

Palavras-chave:

Base Nacional Comum Curricular, Educação Básica, Ensino de nove anos, Formação Continuada, Políticas Públicas.

Resumo

As análises deste artigo são derivadas do projeto de pesquisa “Políticas públicas para a formação continuada de professores da educação básica (anos iniciais) e os reflexos nas práticas pedagógicas”, desenvolvido no Mestrado em Educação na Universidade Federal do Rio Grande- FURG. Apresenta uma análise das políticas públicas para a formação continuada de professores da educação básica após as mudanças implantadas pela ampliação do ensino fundamental para nove anos e, subsequentemente, pelas diretrizes apontadas pela Base Nacional Comum Curricular. Faz ainda um breve exame acerca das políticas públicas voltadas à Educação Inclusiva sob estes dois prismas: Ensino de Nove Anos e Base Nacional Comum Curricular. Os avanços e carências no que se refere à formação continuada e seus reflexos nas práticas pedagógicas estão sendo foco de atenção na pesquisa em desenvolvimento.

Referências

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Ensino fundamental de nove anos: orientações para a inclusão da criança de seis anos de idade. Organização Jeanete Beauchamp, Sandra Denise Pagel, Aricélia Ribeiro do Nascimento. –Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2007.

______.Ministério da Educação. Secretaria da Educação Básica. Base nacional comum curricular. Brasília, DF, 2016. Disponível em: <http://basenacionalcomum.mec.gov.br/#/site/inicio>. Acesso em: set. 2018.

______. Ministério da Educação. Gabinete do Ministro. PORTARIA Nº 331, DE 5 DE ABRIL DE 2018. Institui o Programa de Apoio à Implementação da Base Nacional Comum Curricular - ProBNCC e estabelece diretrizes, parâmetros e critérios para sua implementação. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 06 de abr. 2018.

______. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. Interdisciplinaridade no ciclo de alfabetização. Caderno de Apresentação / Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. – Brasília: MEC, SEB, 2015.

______. Ensino fundamental de nove anos: orientações gerais. Brasília, MEC/SEB/DPE/COEF, 2004.

______. MEC. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Pacto Nacional Pela Alfabetização Na Idade Certa. Documento Orientador das ações de formação em 2014. Brasília: MEC, 2014. Disponível em: http://pacto.mec.gov.br/images/pdf/doc_orientador/documento_orientador_2016.pdf. Acesso em outubro. 2018.

______. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. Caderno de Apresentação. Brasília: MEC/ SEB, 2015 a.

______. MEC. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. Gestão Escolar no Ciclo de Alfabetização/ Caderno para Gestores. Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Brasília: MEC/ SEB, 2015b.

DAY, Christopher. Desenvolvimento Profissional de Professores: os desafios da aprendizagem permanente. Porto: Porto Editora, 2001.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia 7ed. São Paulo: Paz e Terra. 1997.

GRAZIOLI, Fabiano T.; COENGA, Rosemar E. Literatura Infanto juvenil e leitura: novas dimensões e configurações. Erechim: Habilis, 2014.

NÓVOA, Antônio. Formação de professores e profissão docente. In:_______. (Coord.) Os professores e a sua formação. 2.ed. Lisboa: Instituto de Inovação Educacional, 1995. p.15-33

Downloads

Publicado

05/05/2019

Como Citar

Pureza, M. S., & Schmidt, E. B. (2019). A formação continuada de professores e a educação inclusiva sob o prisma do ensino de nove anos e da Base Nacional Comum Curricular. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 5(4). https://doi.org/10.23899/relacult.v5i4.1131

Edição

Seção

IV - Encontro Humanístico Multidisciplinar