“Socialmente iguais, humanamente diferentes”: cultura e identidade na construção de resistências

Viviane De Souza Barbosa Maia, Rafaela de Souza Ribeiro

Resumo


Cultura é parte constituinte da identidade de todo e qualquer indivíduo. Ao pensa-la criticamente por intermédio do referencial teórico gramsciano, a cultura está intrinsecamente relacionada ao modo de ser, operar e pensar de uma classe. O caráter ideológico presente na luta de classes reflete na cultura, de modo que, por um lado torna-se possível constitui-la como instrumento hegemônico e por outro lado, é parte central para resistir e criar uma contra hegemonia. O artigo objetiva refletir sobre a historicidade da categoria cultura e analisar teoricamente a construção, a afirmação e a resistência da cultura e da identidade no seio das relações sociais.


Palavras-chave


cultura; identidade; resistência

Texto completo:

PDF

Referências


CARNOY, Martin. Estado e teoria política. [tradução pela equipe de tradutores do Instituto de Letras da PUC – Campinas]. – 11 ed. São Paulo: Papirus, 2005.

CEVASCO, Maria Elisa. Dez lições sobre estudos culturais. São Paulo: Boitempo Editorial, 2016.

EAGLETON, Terry. Versões de Cultura. In: A ideia de cultura. 2 ed. São Paulo: UNESP, 2003.

GRAMSCI, Antonio. Cadernos do Cárcere. V. 1. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1999.

_______. Os intelectuais e a organização da cultura. 6 ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1988.

HALL, Stuarty. A identidade cultural na pós-modernidade.12 ed. Rio de Janeiro: Lamparina Editora, 2005.

MARTINS, Angela Maria Souza; NEVES, Lúcia Maria Wanderley. Cultura, Educação, Dominação: Gramsci, Thompson, Williams. In: Revista HistedBR, online. Campinas, nº55, p. 73-93, 2014.

MARX, Karl. O capital: crítica da economia política. Rio de janeiro: Civilização brasileira, 1970.

WILLIAMS, Raymond. Com vistas a uma sociologia da cultura. In: Cultura e Sociedade: De Colerigde a Orwell. Rio de Janeiro: Vozes, 2011.

_______. Palavras-chaves: Um vocabulário de cultura e sociedade. 1 ed. São Paulo: Boitempo Editorial, 1983.




DOI: http://dx.doi.org/10.23899/relacult.v3i3.566

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Viviane De Souza Barbosa Maia, Rafaela de Souza Ribeiro

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Qualis CAPES (2013-2016):

B2 - Ensino; B4 - Interdisciplinar; B5 - Ciência Política e Relações Internacionais; B5 - Comunicação e Informação; B5 - Letras/Linguística; B5 - Ciências Agrárias I; C - Ciências Biológicas II; C - Direito; C - História e C - Sociologia.

 

e-ISSN 2016/Atual: 2525-7870 | e-ISSN 2015/2016: 2447-018X

Facebook - Twitter - Instagram

Realização:

Editora CLAEC - Centro Latino-Americano de Estudos em Cultura

Endereço Eletrônico: relacult@claec.org


Contador disponível desde 05/2016.

universidades e ensino superior
contador de visitas