Relações do trágico em Combate de Negro e de Cães de Bernard-Marie Koltès: da teoria à prática

Lucas Ribeiro Galho, Fernanda Vieira Fernandes, Maria Amélia Gimmler Neto

Resumo


O presente trabalho tem por objetivo analisar e discutir o texto Combate de negro e de cães (1979), de Bernard-Marie Koltès, buscando entendê-lo como um exemplar trágico no fim do século XX. A partir da investigação acerca dos componentes dramáticos que conferem tragicidade à peça, bem como dos elementos propulsores do trágico na atualidade, tentar-se-á estabelecer um diálogo breve e inicial entre o texto (objeto de estudo do autor no trabalho de conclusão do curso de Teatro-Licenciatura da Universidade Federal de Pelotas) e a montagem do espetáculo Combate: corpos mortos, vivos e por vir, realizado pelo “Laboratório de Dramaturgismo e Direção Rotativa de Cenas” da referida instituição, coordenado pelas professoras Dra. Fernanda Vieira Fernandes e Ma. Maria Amélia Gimmler Netto. Apoiada na obra de Koltès e abordando temas pertinentes para a sociedade contemporânea, a encenação institui o racismo e o machismo como seus motores dramáticos, estabelecendo-os como importante pauta de debate.


Palavras-chave


Cultura; Artes; Literatura

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.23899/relacult.v3i2.407

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Lucas Ribeiro Galho, Fernanda Vieira Fernandes, Maria Amélia Gimmler Neto

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

RELACult - Revista Latino-Americana de Estudos em Cultura e Sociedade

e-ISSN: 2525-7870

Facebook - Twitter - Instagram

Endereço eletrônico: relacult@claec.org


Qualis CAPES: B2 - Ensino; B4 - Interdisciplinar; B5 - Ciência Política e Relações Internacionais; B5 - Comunicação e Informação; B5 - Letras/Linguística; B5 - Ciências Agrárias I; C - Ciências Biológicas II; C - Direito; C - História e C - Sociologia.

 

Responsável Editorial:

Editora CLAEC - Centro Latino-Americano de Estudos em Cultura

www.claec.org/editora

Endereço eletrônico: editora@claec.org