Mulher, Pampa e natureza: um olhar através de contos puebleros

Juliana Corrêa Pereira Schlee

Resumo


O presente trabalho é um estudo em andamento que se detém nos contos puebleros para deslocar o olhar sobre a mulher, o Pampa e a natureza. Assim, busco a Educação Ambiental, como campo de saber importante e potente para a análise de mundo que temos em seu processo de construção cultural moderno. Entendendo a literatura como pedagogia cultural para problematizar como nos constituímos mulher no Pampa e como nos relacionamos com o discurso de natureza. O Pampa para pensar além de um território geográfico, mas como um lugar que é constituído pelos diversos atravessamentos: biológicos, geográficos, culturais, econômicos, políticos. Modos de ver o mundo, viver e narrar a natureza. Fabricações  histórica e socialmente constituídos em diferentes culturas e em diferentes épocas. É preciso pensar sobre as universalidades de ser mulher, assim como suas relações com a natureza e o pampa.


Palavras-chave


gênero; natureza; pampa

Texto completo:

PDF

Referências


ÁVILA, D. A. et al. “O Gênero é fundamental para o desenvolvimento sustentável”: reflexões sobre a operação de dispositivos em programas globais e seus efeitos para a Educação Ambiental. Rio Grande: REMEA, Ed. Especial, p.95-119, julho/2016. Disponível em: https://www.seer.furg.br/remea/article/viewFile/5962/3685 Acesso em: 05 de setembro de 2016.

BENCKE, G. A.; CHOMENKO, L. & SANT’ANNA, D. M. O que é o Pampa? In: CHOMENKO, L.; BENCKE, G. A. Nosso Pampa Desconhecido. Porto Alegre: Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul. 2016. p.16-27

CARVALHO, I.C. de M. Educação ambiental: a formação do sujeito ecológico. São Paulo: Cortez, 6ªed., 256p., 2012.

ESPÍNDOLA, F. María Del Carmen. SCHLEE, A.G; FARACO, S. (Org. e tradução). Para Sempre Uruguai. Porto Alegre: Instituto Estadual do Livro, p. 53-63, 1990.

ESTRADA, Ezequiel M. Radíografia de la Pampa. Editora Losada. SA. Buenos Aires. 1933.

GARCIA. S.M. Desfazendo os vínculos naturais entre gênero e meio ambiente. Revista de Estudos Feministas, Rio de Janeiro, v.0,n.0, p.163-68,1992. Disponível em: http://www.redalyc.org/pdf/381/38126508015.pdf Acesso em: 05 de setembro de 2016.

GUATTARI, Felix. As Três Ecologias. Papirus, Campinas/SP, 1995.

GUIMARÃES, L. B. Pesquisas em EA: olhares atentos à cultura. WORTMANN, M.L.; DOS SANTOS. L.H.S.; RIPOLL, D.; SOUZA, N.G.S. e KINDEL, E.A.I. (org). Ensaios em Estudos Culturais, Educação e Ciência: a produção cultural do corpo, da natureza, da ciência e da tecnologia – instancia se práticas contemporâneas. Porto Alegre: UFRGS Editora, 2007. p. 237-246.

GUIMARÃES, L. B. A importância da história e da cultura nas leituras da natureza. Inter-Ação: Rev. Fac. Educ. UFG, v. 33, n.1, p. 87-101, jan./jun. 2008. Disponível em: https://revistas.ufg.br/interacao/article/viewFile/4244/4174 Acesso em: 05 de setembro de 2016.

GUIMARÃES, L. B. A invenção de dispositivos pedagógicos sobre o ambiente. Pesquisa em Educação Ambiental, São Paulo, v.5,n.1, p.11-26, jan. 2010. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/pea/article/view/30083/31970 Acesso em: 05 de setembro de 2016.

MARCELLO, F. A. Sobre os modos de produzir sujeitos e práticas na cultura: o conceito de dispositivo em questão. Currículo sem Fronteiras, v.9, p. 226-241, 2009. Disponível em: http://www.curriculosemfronteiras.org/vol9iss2articles/marcello.pdf Acesso em: 07 de outubro de 2016.

RIBEIRO, P.R.C. at al. Sexualidade na sala de aula: pedagogias escolares de professoras das séries iniciais do Ensino Fundamental. Estudos Feministas, Florianópolis, v.12, n.1, p109-129, jan./abr. 2004. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/ref/article/view/S0104-026X2004000100006/7945 Acesso em: 05 de setembro de 2016.

SCHLEE, A. G. Contos de Sempre. São Paulo: LR Editores Ltda. 149 p. 1983.

________,A. G. Linha Divisória. Porto Alegre: Melhoramentos. 104p. 1988.

________, A. G. Os limites do impossível: contos gardelianos. Porto Alegre: ARdoTEmpo, 204 p. 2009.

________, A. G. Contos de Verdades. Porto Alegre. ARdoTempo, 224 p. 2011.

SCHLEE, R. L. et.al. A construção de um discurso de Natureza no Pampa e sua problematização sob as lentes da Educação Ambiental. In: Encontro e Diálogos com a Educação Ambiental, 7, 2015, Rio Grande: Anais...Rio Grande: FURG, p.188-197. 2015. Disponível em: http://www.educacaoambiental.furg.br/images/stories/fruit/ANAIS_EDEA_FINAL.pdf Acesso em: 05 de setembro de 2016.

SUERTEGARAY. M.A. & SILVA, L.A. PIRES DA. Tchê Pampa: histórias da natureza gaúcha. Campos Sulinos – conservação e uso sustentável da biodiversidade. Valério de PattaPillar...(et al.)Editores – Brasília: MMA, p. 42-59, 2009. Disponível em: file:///D:/Users/User/Downloads/campos%20sulinos_completo.pdf Acesso em: 05 de setembro de 2016.

VARGAS-MONROY, L.; PUJAL I LLOMBART, M. Guvernamentalidad, dispositivos de gênero, raza y trabajo: La conducción de La conducta de lãs mujeres trabajadoras. Universitas Psychologica, Colombia, v.12,n.4,1255-1267. Doi: 10.11144/Javeriana. UPSY12-4.gdgt. Disponível em: http://revistas.javeriana.edu.co/index.php/revPsycho/article/viewFile/6501/5927 Acesso em: 05 de setembro de 2016.

VIEIRA, V.T.; HENNING, P. C. A crise ambiental em evidência: análise do discurso foucaultiano – modos de fazer pesquisa em educação. Revista da Faeeba: Educação e Contemporaneidade, Salvador, v.22,n.40, jul./dez. 2013. Disponível em: http://www.revistas.uneb.br/index.php/faeeba/article/view/764/537 Acesso em: 05 de setembro de 2016.

WORTMANN, M. L. C. A Educação Ambiental em perspectivas culturalistas. In: CALLONI Humberto;SILVA, Paulo Ricardo Granada (Org.). Contribuições à Educação Ambiental. II Encontro e Diálogos com Educação Ambiental FURG. Pelotas, RS: Editora Universitária/UFPel, 2010. p. 13-38.




DOI: http://dx.doi.org/10.23899/relacult.v2i4.281

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Juliana Corrêa Pereira Schlee

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

RELACult - Revista Latino-Americana de Estudos em Cultura e Sociedade

e-ISSN: 2525-7870

Facebook - Twitter - Instagram

Endereço eletrônico: relacult@claec.org


Qualis CAPES: B2 - Ensino; B4 - Interdisciplinar; B5 - Ciência Política e Relações Internacionais; B5 - Comunicação e Informação; B5 - Letras/Linguística; B5 - Ciências Agrárias I; C - Ciências Biológicas II; C - Direito; C - História e C - Sociologia.

 

Responsável Editorial:

Editora CLAEC - Centro Latino-Americano de Estudos em Cultura

www.claec.org/editora

Endereço eletrônico: editora@claec.org