Ambientalização Curricular e a Dimensão Política da Educação Ambiental no Projeto Pedagógico do Curso de Ciências Biológicas de uma Universidade Pública no Estado do Paraná

Autores

  • Fernanda Patricia Schoeninger Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • Anelize Queiroz Amaral
  • Rosangela Maria Boeno

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v4i0.967

Palavras-chave:

Ambientalização Curricular. Formação Inicial. Educação Ambiental

Resumo

Aprofundar as reflexões acerca da Ambientalização Curricular (AC) envolve (re) pensar e construir currículos que integrem valores e conhecimentos socioambientais na práxis educativa. Este artigo pretende colaborar com a reflexão e o diálogo sobre a Ambientalização Curricular, em um Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas de uma Universidade Pública, trazendo para discussão a análise de propostas relacionadas a temática ambiental e a  Educação Ambiental no Projeto Pedagógico do Curso (PPC). A Educação Ambiental (EA) engloba um campo de pesquisa que busca compreender o quadro de degradação socioambiental ocasionado no/ao ambiente, injustiças socioambientais e promover constantes questionamentos e reflexões sobre o atual modelo de relação sociedade – natureza. Tais intencionalidades devem permear um currículo que visa formar pessoas críticas que prezem pela cidadania, democracia, emancipação, participação e um ambiente justo para todos.

Downloads

Publicado

26/11/2018

Como Citar

Schoeninger, F. P., Amaral, A. Q., & Boeno, R. M. (2018). Ambientalização Curricular e a Dimensão Política da Educação Ambiental no Projeto Pedagógico do Curso de Ciências Biológicas de uma Universidade Pública no Estado do Paraná. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 4. https://doi.org/10.23899/relacult.v4i0.967

Edição

Seção

Dossiê: X Encontro e Diálogos com a Educação Ambiental (EDEA)