O Ensino da dança e as relações de gênero e sexualidade

Autores

  • Giuliano Souza Andreoli Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS)

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v5i2.926

Palavras-chave:

dança, gênero, pedagogia, educação

Resumo

O objetivo deste artigo é discutir a temática da diversidade sexual e de gênero no âmbito do ensino da Dança, na interface entre a dança e a educação. Para tanto, utiliza como referencial o campo dos Estudos de Gênero, a partir da teorização pós-estruturalista (SCOTT, 1995; MEYER, 2003; LOURO, 2007, 2013a, 2013b, BUTLER, 2010). Apresentarei uma síntese de algumas discussões internacionais e nacionais que tem sido feitas, há décadas, por teóricos das áreas da Dança, Educação e Educação Física. Problematizarei como a dança e a aula de dança pode se configurar em espaço de experiências generificadas. Por fim, procurarei apontar quais alternativas os estudos sobre esse tema tem apontado para os modos como ensinamos e fazemos dança.

Biografia do Autor

Giuliano Souza Andreoli, Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS)

 Atua na área de Teoria da Dança, com ênfase na relação entre Dança e Educação, Dança e Ciências Humanas (Antropologia, Sociologia, História, Estudos Culturais, Estudos de Gênero)

Referências

ALLEN-COLLISON, Jacquelyn, CLEGG, Helen; e OWTON, Helen. The “cool stuff: Gender, dance ans masculinity. Psychology of Womwn’s Section Review, Special Issue on Sports, v.18, n.2, p6-16, 2016

ANDREOLI, Giuliano Souza. Dança, Gênero e Sexualidade: um olhar cultural. Conjectura, v.15, n.1, jan/abr, 2010.

ANDREOLI, Giuliano Souza. Representações de masculinidade na dança contemporânea. Revista Movimento, v. 17, n. 01, p. 159-175, 2011.

BERGHAUSER, Tatiana Araújo. Problematizações sobre enfoques de gênero reducionistas ou distorcidos na Dança. Artigo (especialização). Programa de Pós-graduação em Dança, UFBA, Salvador, 2013.

BOND, Karen Elizabeth. How “wild things” tamed gender distinctions. In: Journal of Physical Education, Recreation and Dance. v. 65, n. 2, p.28-33, 1994.

BUTLER, Judith. Corpos que pesam: sobre os limites discursivos do “sexo”. In: LOURO, Guacira Lopes (org). O corpo educado: pedagogias da sexualidade. Belo Horizonte: Autêntica, 2001.

BUTLER, Judith. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003.

CANCLINI, Nestor Garcia. Diferentes, desiguais e desconectados. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2005.

CLARK, Dawn. Considering the issue of exploitation of young women in dance: K-12 perspectives, Journal of Dance Education, v. 4, n.1, p.17-23, 2004.

CONNEL, Robert William. Políticas de Masculinidade. Educação e Realidade. V.20, n.2, jul/dez, p.185-206, 1995.

CONNEL, Robert William & MESSERSCHMIDT, James. Masculinidade hegemônica: repensando o conceito. Estudos Feministas, Florianópolis, v. 21, n.1, p.424, janeiro/abril, 2013.

COOK, Clive, CRUST, Lee, LITTLEWOOD, Martin, NESTI, Mark and ALLEN-COLLISON, Jacquelyn. ‘What it takes’: perceptions of mental toughness and its development in an English Premier League Soccer Academy. Qualitative Research in Sport, Exercise & Health, v.6, n.3, p.329-347, 2014.

DAVIS, Angela. Mulheres, raça e classe. [1944]. Tradução: Heici Regina Candiani. 1°ed. São Paulo: Boitempo, 2016.

DILS, Ann. Sexuality and sexual identity: critical possibilities for teaching dance appreciation and dance history. Journal of Dance Education. v. 4, n.1, p. 10-16, 2004.

FEITOZA, Jonas Karlos de Souza. Danças de Salão: os corpos iguais em seus propósitos e diferentes em suas experiências. 2011. 84p. Dissertação (Mestrado em Dança), Faculdade de Dança, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2011. Disponível em: . Acesso em: 11 jul. 2016.

FERDUN, Edrie. Facing gender issues across the curriculum. Journal of Physical Education, Recreation and Dance. v.65, n.2, p. 31-35, 1994.

FISCHER, Rosa Maria Bueno. Televisão e Educação: fruir e pensar a TV. 2° Belo Horizonte:Editora Autêntica, 2003.

FISHER, Jennifer. Make it maverick: rethinking the “make it macho” strategy for men in ballet. Dance Chronicle, n.30, p.45-66, 2007.

GARD, Michael. Dancing around the ‘problem’ of boys in dance. Discourse: Studies in the Cultural Politics of Education, n.22, p. 213-225, 2001.

GREEN, Jill. The politics and ethics of health in dance education in the United States. In: Ethics and policts embodied in dance, ed. E. Anttila, S. Hamalainen, and L. Rouhianen,. Helsinki, Finland: Theatre Academy of Finland, p. 65-76, 2004.

HALL, Stuart. A centralidade da cultura: notas sobre as revoluções culturais do nosso tempo. Educação. & Realidade, Porto Alegre, v. 22, nº 2, p. 15-46, jul./dez., 1997.

HANNA. Judith Lynne. Dança, Sexo e Gênero: signos de identidade, dominação, desafio e desejo. Tradução: Mauro Gama. Rio de Janeiro: Rocco, 1999.

HOLDSWORTH, Nadine. ‘Boys don't do dance, do they?’, Research in Drama Education: The Journal of Applied Theatre and Performance, v.18, n.2, p.168-178, 2013.

KIMMEL, Michael Scott. A produção simultânea de masculinidades hegemônicas e subalternas. In: Horizontes Antropológicos. Corpo, doença e saúde. Porto Alegre: PPGAS/UFRGS, ano 4, n.9, out, p.103-17, 1998.

LAQUEUR, Thomas Walter. Inventando o Sexo: corpo e gênero dos gregos a Freud. Tradução: Vera Whately. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2001.

LESSA, Patrícia. TORTOLA, Eliane. O corpo que dança e a construção da poética Drag King: um tango-ação, Revista Periódicus, n.4, v.1, p.76-90, 2016.

LOURO, Guacira Lopes. Gênero, Sexualidade e Educação: uma perspectiva pós-estruturalista. Rio de Janeiro: Vozes, 2007.

LOURO, Guacira Lopes. (Org.) O corpo educado: pedagogias da sexualidade. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2013a.

LOURO, Guacira Lopes. Um corpo estranho: ensaios sobre sexualidade e teoria queer. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2013b.

MEGLIN, Joellen. A., & BROOKS, Lynn Matluck. Where are all the women choreographers in ballet? Dance Chronicle, v. 35, n.1, p.1-7, 2012.

MEYER, Dagmar Estermann. Gênero, Sexualidade e Educação: Teoria e Política. In: LOURO, G.L., NECKEL, J.F. & GOELLNER, S.V. (Orgs). Corpo, gênero e sexualidade: um debate contemporâneo em Educação. Petrópolis, RJ: Editora Vozes, p.9-27, 2003.

MIGDALEK, Jack. The Embodied Performance of Gender, v.43, London, United Kingdom: Routledge, 2015.

NETO, Hugo M. “Damas e Cavalheiros”: O estudo de caso das quadrilhas juninas de recife. In: Seminário Internacional Fazendo Gênero 8: Corpo, violência e poder. Florianópolis, de 25 a 28 de agosto, 2008.

NUNES, Bruno Blóis & FROEHLICH, Marcia. Um novo olhar sobre a condução na dança de salão: questões de gênero e relações de poder. Revista Educação, Artes e Inclusão, 2018.

OLIVEIRA, João Manuel de. Tumultos de gênero: os efeitos de Gender Trouble em Portugal. Periódicus, n.3, v.1,p. 6-18, mai/out, 2015.

PASCOE, Cheri J. 'Dude, You're a Fag': adolescent masculinity and the fag discourse, Sexualities, v.8, n.3, p.329–346, 2005.

PAZZETO, Debora & SAMWAYS, Samuel. Para além de damas e cavalheiros: uma abordagem Queer das normas de gênero na dança de salão. Educação, Artes e Inclusão. v.14, n.3, jul/dez., 2018.

POLASEK, Katherine M. & ROPER, Emily A. Negotiating the gay male stereotype in ballet and modern dance. Research in Dance Education, v. 12, n.2, p.173-193, 2011.

PRECIADO, Beatriz. Manifesto Contrasexual. Políticas subversivas de identidade sexual. São Paulo, n.1. Edições, 2014.

RISNER, Doug. Rehearsing masculinity: Challenging the ‘boy code’ in dance education. Research in Dance Education. v. 8, n.2, p. 137-151., 2007.

RISNER, Doug. Stigma and Perseverance in the Lives of Boys who Dance. Lampeter, Pa: The Edwin Mellen Press Ltd, 2009.

RISNER, Doug. Bullying victimisation and social support of adolescent male dance students: an analysis of findings. Research in Dance Education, v.15, n.2, p.179-201, 2014.

SANDERSON, Patrícia. Age and gender issues in adolescente attitudes to dance. European Physical Education Review, v.7, n2, p. 117-136, 2001.

SANTOS, Éderson Costa. Um jeito masculino de dançar: pensando a produção das masculinidades de dançarinos de hip-hop. 124 f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Educação, UFRGS, Porto Alegre, 2009a.

SANTOS, Tatiana Mielczarski. Entre pedaços de algodão e bailarinas de porcelana: a performance artística do balé clássico como performance de gênero. 95 f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-graduação em Educação, UFRGS, Porto Alegre, 2009b.

SARAIVA-KUNZ, Maria do Carmo. Dança do Ventre: ressignificações do feminino? Fazendo Gênero 8 – corpo, violência e poder. Florianópolis, 2008.

SILVA, Tomaz Tadeu da. Alienígenas na Sala de Aula. Petrópolis: Vozes, 1999.

SCOTT, Joan. Gênero: Uma categoria útil de análise histórica. Educação e Realidade. Porto Alegre, UFRGS, v.20, n.2, p.71-79, 1995.

SOUZA, Andréa Bittencourt de. Cenas do masculino na dança: representações de gênero e sexualidade. Ensinando modos de ser bailarino. Dissertação (Mestrado), Programa de Pós-graduação em Educação, ULBRA, Canoas, 2007.

STINSON, Susan. Seeking a feminist pedagogy for children’s dance. In: Shapiro, Sherry. Dance, power and difference: Critical and feminist perspectives on dance education. Champaign: Human Kinetics, p. 23-47, 19988.

STINSON, Susan. The hidden curriculum of gender in dance education. Journal of Dance Education. v.5 , n.2, p.51-57, 2005.

STRACK, Míriam Medeiros. Dama ativa e comunicação entre o casal na dança de salão: uma abordagem prática. 2013. 76p. Monografia (Especialização), FAMEC, São José dos Pinhais, 2013.

WELLER, Wivian. A presença feminina nas (sub) culturas juvenis: a arte de se tornar visível. Revista Estudos Feministas, Florianópolis, v.1, ano 13, p. 107-126, jan./abr. 2005.

WOODWARD, Kathryn. Identidade e diferença: uma introdução teórica e conceitual. In: TADEU DA SIVA, Tomaz; WOODWARD, Kathryin; HALL, Stuart. Identidade e diferença. Petrópolis: Vozes, 2005.

WRIGHT, Jan. Male dance educators in a female-dominated profession, Journal of Physical Education, Recreation & Dance, v. 84, n.7, p.14-15, 2013.

Downloads

Publicado

26/09/2019

Como Citar

Andreoli, G. S. (2019). O Ensino da dança e as relações de gênero e sexualidade. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 5(2). https://doi.org/10.23899/relacult.v5i2.926

Edição

Seção

Artigos - Fluxo Contínuo