Partidos Políticos: Como Vem Se Dando Sua Territorialidade

Autores

  • Matheus Pinto Furtado
  • Ronaldo Bernardino Colvero
  • Danilo Pedro Jovino

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v4i4.840

Palavras-chave:

Ciência Política, Partidos Políticos, Território, Territorialidade

Resumo

O presente trabalho se constitui em um estudo sobre o panorama da territorialidade dos partidos políticos no Brasil nos últimos anos, construindo-se a partir de questões conceituais. Objetiva-se compreender como vem se dando a territorialidade dos partidos políticos na busca de obtenção de votos entre os eleitores, se apresentando como uma ferramenta reflexiva sobre as ações das organizações partidárias no território. Além disto, visa-se analisar a relação de pouco vínculo entre os partidos e como esta liga-se com a territorialidade das organizações partidárias. Foi possível observar que partidos políticos vêm exercendo sua territorialidade na busca da conquista de votos fazendo uso de estratégias como o enfoque, por exemplo, na personalização, priorizando os atores e não as legendas. Tal ação vem levando, cada vez mais, a um enfraquecimento da relação de identificação do eleitorado com as siglas partidárias. A metodologia utilizada foi a qualitativa, utilizando o método bibliográfico tanto sobre território e a territorialidade quanto no que tange aos partidos políticos. Portanto, construiu-se o estudo visando a análise dos conceitos, além de evidenciar algumas das estratégias dos partidos diante do território para a conquista do poder.

Downloads

Publicado

10/05/2018

Como Citar

Furtado, M. P., Colvero, R. B., & Jovino, D. P. (2018). Partidos Políticos: Como Vem Se Dando Sua Territorialidade. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 4(4). https://doi.org/10.23899/relacult.v4i4.840

Edição

Seção

Dossiê - COINTER

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)