A importância da cultura no ensino de Ciências

Autores

  • Flávia Almeida Silva Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul
  • Sérgio Choiti Yamazaki Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v4i0.755

Palavras-chave:

cultura, epistemologia bachelardiana, Freire.

Resumo

Este trabalho se propõe a refletir sobre a necessidade de ensinar Ciências sob uma perspectiva cultural, para que se forme em alunos a chamada cultura científica. Para tal, pretende-se identificar na epistemologia de Bachelard e Paulo Freire a importância da cultura como elemento intrínseco no estudo das Ciências, em sua própria construção e no ato de ensinar. Foi possível concluir que Bachelard e Freire, apesar de se situarem em campos distintos, apresentam similaridades quanto a necessária relevância da cultura que permeia o indivíduo e suas concepções dentro das Ciências, como a necessidade do rompimento entre o senso comum e o conhecimento científico, mostrando que o elemento cultural é fator decisivo no processo de construção do saber do indivíduo. Com base nos autores, conclui-se também que os fatores criticidade e conscientização do sujeito tornam positivo o ensino de Ciências, contrariando o viés tecnicista do ensino tradicional.  No entanto, ao se adotar essa perspectiva de ensinar em prol do estabelecimento de uma cultura científica, é notório que limitações surgirão no decorrer do caminhar docente, visto que o ensino se encontra inserido em uma tradição conteudista e formulista. Porém, as vantagens dessa “nova” forma de conceber o ensino de Ciências, podem contribuir com a melhoria a longo prazo da própria sociedade.

Referências

ACEVEDO, J. A.; VÁZQUEZ, A.; PAIXÃO, M. F.; ACEVEDO, P.; OLIVA, J. M.; MANASSERO, M. A. Mitos da didática das ciências acerca dos motivos para incluir a

natureza da ciência no ensino das ciências. Ciência & Educação, v. 11, n. 1, p. 1-15, 2005.

FREIRE, Paulo. Educação como prática da liberdade. 23a ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra,

BACHELARD, G. A filosofia do não. Tradução. J. J. M. Ramos. São Paulo: Abril Cultura,

(Os pensadores)

BACHELARD, G. A formação do espírito científico: contribuição para uma psicanálise do conhecimento. Rio de Janeiro: Contraponto, 1997.

BOURDIEU, P. O Poder Simbólico. 13ª edição. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2010.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Média e Tecnológica. Parâmetros

Curriculares Nacionais + (PCN+) - Ciências da Natureza e suas Tecnologias. Brasília: MEC, 2002. Disponível em: < http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/CienciasNatureza.pdf> Acesso em 22 de agosto de 2017.

CARVALHO, A. M. P. de. Habilidades de Professores para promover a Enculturação Científica. Contexto & Educação, v.22, n.77, p.25-49, 2013.

FREIRE, P. Educação como prática da liberdade. 23a ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1999.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1974. LENOIR, Timothy. Instituindo a Ciência: a produção cultural das disciplinas São Leopoldo, RS: Editora UNISINOS, 2003.

GODINHO, V. M. Prefácio. In: ENSAIOS: humanismo científico e reflexão filosófica.

Lisboa: Sá da Costa, 1971b. v. 4, p. i-xxix.

Maurício, P. Valente, B. Argumentos para uma humanização do ensino das ciências. Ciênc. Educ., Bauru, v. 19, n. 4, p. 1013-1026, 2013

LENOIR, T. Instituindo a Ciência: a produção cultural das disciplinas São Leopoldo, RS: Editora UNISINOS, 2003

MARTINS, A. F. P. Concepções de estudantes acerca do conceito de tempo: uma análise à

luz da epistemologia de Gaston Bachelard. 2004. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.

OLIVEIRA, C. A educação científica como elemento de desenvolvimento humano: uma perspectiva de construção discursiva. Revista Ensaio, v.15, n. 02, p. 105-122, 2013

SOUZA, P. H. de. Epistemologia e cultura no ensino de física: desvelando os conceitos de

tempo e espaço. 2014. Tese (Doutorado em Ensino de Física) - Ensino de Ciências (Física,

Química e Biologia), Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014.

ZANETIC, J. Física também é cultura. 1989. 252f. Tese (Doutorado em Educação, Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo) – FEUSP, SP. delo para Sites).

Downloads

Publicado

28/02/2018

Como Citar

Silva, F. A., & Yamazaki, S. C. (2018). A importância da cultura no ensino de Ciências. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 4. https://doi.org/10.23899/relacult.v4i0.755

Edição

Seção

Dossiê: FORMAÇÃO ACADÊMICA, EDUCAÇÃO, POLÍTICA E SOCIEDADE