A Memória Institucional – Santa Casa POA/RS

Autores

  • Margareth de Oliveira Michel Universidade Católica de Pelotas
  • Jerusa de Oliveira Michel Universidade Federal de Pelotas

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v2i1.72

Palavras-chave:

Comunicação Organizacional e Memória Institucional

Resumo

O trabalho analisa os enfoques sobre a memória organizacional e como esse trabalho é articulado: questões estratégicas de resgate e construção de memória; a emergência do “mercado de memórias”, a relação entre a cultura e a memória organizacional, os instrumentos utilizados. São desenvolvidas reflexões teóricas nas áreas estudadas aliadas ao estudo de caso da Santa Casa de Misericórdia de POA.

Biografia do Autor

Margareth de Oliveira Michel, Universidade Católica de Pelotas

Mestre em Letras - Lingüística Aplicada com a dissertação "A Mulher no Discurso Midiático: Candidatas à Prefeitura Municipal de Porto Alegre e sua representação na mídia nas eleições 2008? (UCPEL, 2009) ; Mestre em Desenvolvimento Econômico e Social com a dissertação ?A Comunicação Como Variável No Processo De Sobrevivência Das Empresas De Pequeno Porte? (UCPEL, 1999); Graduada em Comunicação Social ? Habilitações Relações Públicas e Jornalismo (1977); e Graduada em Psicologia (1992); Professora dos Programas de Pós-Graduação em Marketing e inovações em Comunicação e - MBA e Especialização em Gestão de Eventos UCPEL; Professora Adjunta do Curso de Comunicação Social da Universidade Católica de Pelotas ? habilitações Jornalismo e Publicidade e Propaganda, Membro dos NDEs de Jornalismo e de Publicidade e Propaganda UCPEL.Ministra as disciplinas de Comunicação e Psicologia, Comunicação Organizacional, Pesquisa em Comunicação, Orientação de Projetos Experimentais e Trabalhos de Conclusão de Curso; e no Curso de Pedagogia, na disciplina de Educação Inclusiva. Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Relações Públicas, Propaganda, e Jornalismo, atuando principalmente nos seguintes temas: relações públicas, comunicação, jornalismo, comunicação organizacional e assessoria de comunicação. Área de interesse e atuação em Comunicação, Jornalismo e Publicidade e Propaganda, com ênfase em Comunicação Organizacional, Comunicação e Psicologia, Teorias da Comunicação, Pesquisa em Comunicação e Memória Social.

Jerusa de Oliveira Michel, Universidade Federal de Pelotas

Possui graduação em Comunicação Social - habilitação Relações Públicas pela Universidade Católica de Pelotas (2006) e graduação em Comunicação Social - habilitação Jornalismo pela Universidade Católica de Pelotas (2007). Pós-Graduação em Gestão de Eventos - Ênfase Organizacional e Institucional pela Faculdade de Tecnologia SENAC Pelotas (2009). É doutoranda em Memória Social e Patrimônio Cultural pela Universidade Federal de Pelotas. Trabalha como Relações Públicas na Universidade Federal de Pelotas. É professora convidada do Pós-Graduação MBA em Gestão de Eventos da Universidade Católica de Pelotas

Referências

BARBOSA, Andréia Arruda. O Lugar da Memória Institucional nas Organizações Complexas. Artigo - GT Processos, Políticas e Estratégias de Comunicação Organizacional do IV Congresso Brasileiro Científico de Comunicação Organizacional e de Relações Públicas – ABRAPCORP, 2010.

COSTA, Alessandra de S. M.; BARROS, Denise F.; CELANO, Ana. A Construção da Memória Empresarial como Estratégia de Comunicação Organizacional. XXXVI Encontro da ANPAD. RJ – 22 a 26 de set. 2012.

COSTA, A.M.; SARAIVA, L. A. S. Memória e formalização social do passado nas organizações. Revista Adm. Pública, RJ, v.45, n.6, p.1761-1780, 2011.

CRIPPA, G. Memória: geografias culturais entre história e ciência da informação. In: MURGUIA MARANON, E. I. (Org.). Memória: um lugar de diálogo para arquivos, bibliotecas e museus. S. Carlos: Compacta, 2010. p.79-110

FIGUEIREDO, Miriam. (2009) ‘Da Memória dos Trabalhadores à Memória Petrobras: história de um projeto’. Dissertação de Mestrado. CPDOC – FGV, Rio de Janeiro. https://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/handle/10438/2705

MARCHIORI, Marlene (Org). COMUNICAÇÃO E ORGANIZAÇÃO: Reflexões, Processos e Práticas. São Caetano do Sul: Difusão, 2010.

NORA, Pierre. Entre história e memória: a problemática dos lugares. Revista Projeto História. S. Paulo, v. 10, p. 7-28. -PUC-SP. 1993

SANTA CRUZ, Lucia. Memória e Comunicação Organizacional no Brasil: Interfaces. ORGANICOM – ANO 11 – N. 20 – 1º. SEM. 2014 P. 178

SHIKIDA, A. M.; MOURA, M. A. Memória e redes sociais: informação e conhecimento em relatos orais. In: ENC. NAC. PESQUISA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO. ANAIS. Salvador: UFBA, 2007.

Downloads

Publicado

09/03/2016

Como Citar

Michel, M. de O., & Michel, J. de O. (2016). A Memória Institucional – Santa Casa POA/RS. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 2(1), 122–130. https://doi.org/10.23899/relacult.v2i1.72

Edição

Seção

Dossiê - História, Memória e Identidades