Ensino de Humanidades: O Percurso Geográfico e Histórico da Reforma Protestante

Autores

  • Elsbeth Léia Spode Becker Centro Universitário Franciscano
  • Natália Lampert Batista UFSM/PMSM
  • Tascieli Feltrin PMSM

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v4i0.672

Palavras-chave:

Ensino, Humanidades, Infografia, Multimodalidade.

Resumo

No ensino de humanidades, o constante contato com a Filosofia, a Arte, a Literatura, a História e a Geografia, o uso da imagem aliada ao texto renova a prática da indução e da reflexão do conhecimento. Assim, o principal objetivo foi organizar o infográfico, ‘Caminhos da Reforma’, para apresentar o contexto geográfico e histórico da Reforma, na atual Alemanha, trazendo textos históricos e imagens atuais das Igrejas e das cidades importantes, a partir de Wittenberg, a Igreja do Castelo onde foram fixadas as 95 teses.  A metodologia está embasada no estado da arte, na perspectiva da pesquisa qualitativa que descreve a Reforma Protestante para o ensino de humanidades e no uso da cartografia para espacializar o contexto de vida do seu principal articulador, Martinho Lutero. O percurso do reformador foi delimitado no mapa a partir de informações bibliográficas, e as fotografias e os textos completaram o infográfico denominado ‘Caminhos da Reforma’. O infográfico destina-se a estudantes do Ensino Médio, como um recurso multimodal que alia texto, mapa e imagens, e serve de motivação para o ensino em ambientes formais e não-formais.

Biografia do Autor

Elsbeth Léia Spode Becker, Centro Universitário Franciscano

Graduação em Geografia (Bacharelado), Graduação em Geografia (Licenciatura Plena), Mestrado em Engenharia Agrícola e Doutorado em Agronomia na  Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Atualmente, Professora adjunta no Centro de Ciências Humanas do Centro Universitário Franciscano e professora da rede pública estadual atuando no Ensino Médio em Santa Maria, RS. 

Natália Lampert Batista, UFSM/PMSM

Graduação em Geografia (Licenciatura) no Centro Universitário Franciscano e Mestrado em Geografia pelo Programa de Pós-graduação em Geografia (PPGGEO) na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Atualmente, é doutoranda em Geografia no PPGGEO/UFSM e professora na rede municipal de Santa Maria, RS.

Tascieli Feltrin, PMSM

Graduação em Letras licenciatura plena em Língua Portuguesa, Língua Espanhola e respectivas Literaturas na Faculdade Metodista de Santa Maria (FAMES), Especialista em Gestão Escolar e Mestra em Educação pelo Programa de Pós-graduação em Educação (PPGE) na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Atualmente, professora na rede municipal de Santa Maria, RS.

Referências

AQUINO, F. Para entender a Reforma. São Paulo: Cleófas, 2016.

BARRET, M. Teologia da Reforma. São Leopoldo: Sinodal, 2017.

DELUMEAU, J. Nascimento e Afirmação da Reforma. São Paulo: Pioneira, 1989.

KAPPLER, A. Perfil da Alemanha. Frankfurt: Societäts-Verlag, 2013.

LEITÃO, M. Os 500 anos da Reforma Protestante, que abalou o mundo. Jornal O Globo.Disponível em: http://blogs.oglobo.globo.com/miriam-leitao/post/os-500-anos-da-reforma-protestante-que-abalou-o-mundo.html. Acesso em 02.05.2017.

LINDBERG, C. História da Reforma. São Leopoldo: Sinodal, 2017.

MARTINA, G. História da Igreja: de Lutero aos nossos dias. v. 1: A era da Reforma. São Paulo: Loyola, 1997.

RUEB, F. 48 Variações sobre Bach. São Paulo: Companhia das Letras, 2001.

SCALZO, M. Jornalismo de Revista. São Paulo: Contexto, 2005.

Downloads

Publicado

28/02/2018

Como Citar

Becker, E. L. S., Batista, N. L., & Feltrin, T. (2018). Ensino de Humanidades: O Percurso Geográfico e Histórico da Reforma Protestante. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 4. https://doi.org/10.23899/relacult.v4i0.672

Edição

Seção

Dossiê: HISTÓRIA, MEMÓRIA E IDENTIDADES