fala e escrita de gírias: análise, descrição e possibilidades em sala de aula

Autores

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v4i1.656

Resumo

O presente trabalho traz uma análise acerca de gíria, passando pela sua exclusão (ou tentativa) até a sua contribuição para o ensino de Língua Portuguesa em sala de aula. A fundamentação teórica baseia-se em Bagno (2006 e 2009), Marcuschi (2007), Castilho (2009), dentre outros; além de ressaltar os orientadores: LDB (1996) e PCN (1998). O ensino de língua deve ser debatido, não colocando as regras gramaticais como únicas, mas trazendo a variedade linguística do aluno para o centro do debate e, consequentemente, inseri-lo na construção do conhecimento, este passando pelo questionamento.

Biografia do Autor

Daniel da Rocha Silva

Graduado em Letras Vernáculas - FISE

Especialista em Educação Especial e Inclusiva - FAJAR

Pós-graduando em Linguística Aplicada na Educação - Instituto Graduarte

Pós-graduando em Tecnologias e Educação Aberta e Digital - UFRB

 

Tobias Barreto, Sergipe, Brasil

 

Downloads

Publicado

13/09/2018

Como Citar

da Rocha Silva, D. (2018). fala e escrita de gírias: análise, descrição e possibilidades em sala de aula. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 4(1). https://doi.org/10.23899/relacult.v4i1.656

Edição

Seção

Artigos - Fluxo Contínuo