Museus comunitários no Brasil: descolonizando o pensamento museológico

Autores

  • Débora Simões Unesp/Araraquara

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v3i3.605

Resumo

Este artigo tem como objetivo fazer uma análise sobre os museus de comunidade brasileiros, tratando esses como possíveis descolonizadores de um pensamento museológico. Com isso, busca-se fazer uma contextualização histórica sobre a constituição de um fazer museológico colonialista em contraste com a chamada Nova Museologia e os museus de comunidade. Dessa oposição procura-se conectar a Museologia às discussões das Ciências Sociais em três pontos: a crítica à construção da identidade nacional junto aos museus, a desconstrução dessa identidade a partir dos museus de comunidade e, com isso, a descolonização do pensamento museológico, e os pontos de influência da democracia participativa junto à prática da participação social desses novos modelos museológicos.

Downloads

Publicado

31/12/2017

Como Citar

Simões, D. (2017). Museus comunitários no Brasil: descolonizando o pensamento museológico. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 3(3). https://doi.org/10.23899/relacult.v3i3.605

Edição

Seção

Artigos - Fluxo Contínuo