O espaço social e o tempo histórico na era global: entre dinâmicas culturais inclusivas e excludentes

Autores

  • James Washington Alves dos Santos

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v3i3.581

Resumo

Este artigo buscou estudar com base em pesquisa bibliográfica os conceitos de espaço social e tempo histórico trazendo para o debate a contribuição de diversos autores das Ciências Humanas. No nosso objetivo é problematizar temas como: espaço social, tempo histórico, globalização e cosmopolitismo, populismo e xenofobia, elementos que geram nos ajudam a entender a crise da pertença e das origens. Na medida em que o tribalismo aumenta, reforça a existência de Estados murados na tentativa de manter uma soberania em declínio. Os ideais da luta de classes enquanto uma história política e filosófica perdem sentido e o ser humano se atomiza cada vez mais. Estes sinais para Domenico Losurdo e F. V. Paleólogo revelam a emergência de um direito social sob sequestro. Assim, fomos da emergência humanitária ao estado de exceção, como disse S. Sassen, gerando migrações massivas a Europa, pulsões, brutalidade e complexidade na economia global. São os tempos dos muros caídos (fronteiras) e dos muros erguidos (desigualdades).

 

Palavras-Chave: espaço social, tempo histórico, globalização, populismo, xenofobia

Biografia do Autor

James Washington Alves dos Santos

Professor de Sociologia do Instituto Federal - Alagoas e aluno de doutorado do curso de Ciências Sociais - UNESP (ARARAQUARA).

Linhas de pesquisa: Sociologia Econômica; Sociologia da Religião; Mercado de bens Sóimbólicos.

Downloads

Publicado

31/12/2017

Como Citar

Santos, J. W. A. dos. (2017). O espaço social e o tempo histórico na era global: entre dinâmicas culturais inclusivas e excludentes. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 3(3). https://doi.org/10.23899/relacult.v3i3.581

Edição

Seção

Artigos - Fluxo Contínuo