Reflexões sobre Comportamentos Alimentares de Universitários Estrangeiros em Foz Do Iguaçu-PR

Autores

  • PAOLA STEFANUTTI
  • Marcela Sobreira Sepúlveda Almendra
  • Gislaine Silveira Simões
  • Paula Marasca Oro

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v3i2.544

Palavras-chave:

alimentação saudável, América-latina, universitários.

Resumo

Estudar fora do país de origem permite ao estudante estrangeiro vivenciar novos desafios inerentes à vida universitária, inclusive adaptar-se a uma nova alimentação com base nos ingredientes disponíveis. Este estudo teve como objetivo realizar reflexões sobre o comportamento alimentar de universitários estrangeiros da Universidade Federal da Integração Latino Americana (UNILA). Foi utilizada metodologia qualitativa, por meio de questionário bilíngue aplicado a universitários voluntários da referida universidade. Com a aplicação do questionário realizou-se uma discussão baseando-se nos itens tempo, dinheiro, conhecimento culinário e nutricional, alimentos consumidos e padrão de compras de alimentos. Acrescentou-se ainda um diálogo sobre as adaptações alimentares dos universitários e suas dificuldades, reforçando o alimento com um fator identitário.  Espera-se que esta pesquisa possa contribuir para outras análises, promovendo uma aproximação entre nutrição e ciências sociais, entendendo a alimentação como um fenômeno social a ser analisado de forma interdisciplinar.

Metrics

Carregando Métricas ...

Referências

BRASIL. Lei 12.189 de 12 de janeiro de 2010. Dispõe sobre a criação da Universidade da Integração Latino-Americana – UNILA e dá outras providências. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2010/lei/L12189.htm> Acesso em: 05 abr. 2017.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Guia alimentar para a população brasileira. 2. ed. Brasília: Ministério da Saúde, 2014.

GARCIA, Rosa Wanda Diez. Alimentação e saúde nas representações e práticas alimentares do comensal urbano. In: CANESQUI, Ana Maria; GARCIA, Rosa Wanda Diez. (Org.). Antropologia e nutrição: um diálogo possível. Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ, 2005. p. 211-225.

GIARD, Luce. Artes de nutrir. In: CERTEAU, Michel de; GIARD, Luce; MAYOL, Pierre. A invenção do cotidiano: 2. Morar, cozinhar. Tradução: Ephraim Ferreira Alves e Lúcia Endlich Orth. 7 ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008. p. 211-332.

GUIMARÃES, Camila Aude. A feira livre na celebração da cultura popular. 2010. Disponível em: <http://200.144.182.130/celacc/sites/default/files/media/tcc/140-481-1-PB.pdf>. Acesso em: 18 abr. 2017.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Censo da Educação Superior 2014. Notas Estatísticas. Disponível em: <http://download.inep.gov.br/educacao_superior/censo_superior/documentos/2015/notas_sobre_o_censo_da_educacao_superior_2014.pdf>. Acesso em: 08 jun. 2017.

ORTIZ, Renato. Mundialização e Cultura. São Paulo: Brasiliense, 2003.

POLLAN, Michael. Cozinhar: Uma História Natural da Transformação. Tradução: Cláudio Figueiredo. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2014.

SICHIERI, Rosely; COITINHO, Denise C.; MONTEIRO, Josefina B.; COUTINHO, Walmir F.. Recomendações de alimentação e nutrição saudável para a população brasileira. Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia. 2000, vol.44, n.3, pp.227-232. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-27302000000300007>. Acesso em: 13 jun. 2017.

UNILA. Universidade da Integração Latino-Americana. A vocação da UNILA. Disponível em: <https://www.unila.edu.br/conteudo/voca%C3%A7%C3%A3o-da-unila> Acesso em: 20 abr. 2017.

UNILA. Universidade da Integração Latino-Americana. Disponível em: UNILA em Números. <https://www.unila.edu.br/sites/default/files/files/unila-em-numeros.pdf> Acesso em: 26 abr. 2017.

Downloads

Publicado

18/10/2017

Como Citar

STEFANUTTI, P., Almendra, M. S. S., Simões, G. S., & Oro, P. M. (2017). Reflexões sobre Comportamentos Alimentares de Universitários Estrangeiros em Foz Do Iguaçu-PR. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 3(2), 158–171. https://doi.org/10.23899/relacult.v3i2.544

Edição

Seção

Artigos - Fluxo Contínuo