Homossexualidade e Corpos Estereotipados

Autores

  • Larissa Pinto Martins Universidade Federal do Pampa
  • Ana Valeria Goulart dos Santos Universidade Federal do Pampa
  • Rylanneive Leonardo Pontes Teixeira Universidade Federal do Rio Grande do Norte

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v2i4.271

Palavras-chave:

Corpos, estereótipos, homossexuais, imagem, patriarcado.

Resumo

O presente artigo visa abordar a forma com a qual é apresentada a imagem de pessoas homossexuais e homoafetivas através de seus corpos, e, sendo estes, objetos políticos, passam, portanto, a ser enquadrados como masculinizados ou efeminados. Estas definições sobrecaem, respectivamente, em cima de Lésbicas e Gays, o que, infelizmente, resulta na formação de um imaginário social equivocado que acaba não correspondendo a muitas realidades e limitando suas identidades a uma imagem restrita. Sabe-se que em decorrência dessa falta de representatividade, nasce o (pré)conceito como fruto de uma ignorância que desconhece a verdadeira realidade. Nossa proposta é, então, desmistificar essa imagem já petrificada, mostrando como se estrutura a formação de estereótipos, para que, dessa forma, venhamos a colaborar com uma sociedade livre de padrões que enclausure pessoas, ao passo que, sendo estas singulares, não podem ser classificadas.

 

Palavras-Chave: Corpos, estereótipos, homossexuais, imagem, patriarcado.

Downloads

Publicado

31/12/2016

Como Citar

Martins, L. P., dos Santos, A. V. G., & Teixeira, R. L. P. (2016). Homossexualidade e Corpos Estereotipados. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 2(4), 370–380. https://doi.org/10.23899/relacult.v2i4.271

Edição

Seção

Dossiê - Estudos de Gênero, Feminismo e Sexualidades