Ludopedagogia: atendimento recreacional-pedagógico para pediatria do Hospital Universitário São Francisco de Paula - Pelotas/RS

Autores

  • Nivia Celoi Ferreira Universidade Católica de Pelotas

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v2i1.23

Palavras-chave:

brincar, criança, hospital, lúdico

Resumo

O respectivo projeto procura apresentar o projeto de extensão universitária do Curso de Pedagogia da Universidade Católica de Pelotas, denominado “Ludopedagogia: atendimento recreacional-pedagógico para pediatria do Hospital Universitário São Francisco de Paula - Pelotas RS”. A proposta apoia-se na perspectiva de que o brincar, no contexto da ludicidade infantil, é um fator relevante para estimular os processos de desenvolvimento humano, a fim de inserir a criança em momentos de descontração e promover habilidades cognitivas, bem como, amenizar as tensões provadas pelo ambiente hospitalar. A presença do brincar e tudo a ele relacionado é um dos fatores que facilitam e proporcionam a adaptação do enfermo ao ambiente hospitalar. Para tanto, é necessária a presença de um responsável (pedagogo) para mediar experiências lúdicas e criar um elo entre a magia do brincar e o ambiente familiar. Além da presença deste profissional a proposta visa a participação dos familiares para criar uma situação de bem estar e proporcionar a realização de trocas, desta maneira é possível amenizar a tensão emocional no ambiente hospitalar e promover estratégias para o desenvolvimento infantil.

Referências

BRASIL. Estatuto da Criança e do Adolescente. Senado Federal. Secretaria Especial de Editoração e Publicações. Subsecretaria de Edições Técnicas. 6. ed. Brasília, 2005.

NOVAES. Luiza Helena Vinholes Siqueira; Brincar e Aprender: quem quer saber? O brincar como instrumento pedagógico no hospital. Pelotas: EDUCAT, 2006.

Downloads

Publicado

09/03/2016

Como Citar

Ferreira, N. C. (2016). Ludopedagogia: atendimento recreacional-pedagógico para pediatria do Hospital Universitário São Francisco de Paula - Pelotas/RS. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 2(1), 346–349. https://doi.org/10.23899/relacult.v2i1.23

Edição

Seção

Dossiê - Formação Acadêmica, Educação e Sociedade