Análise de anúncios publicitários veiculados em revistas brasileiras sob enfoque da ACD

Autores

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v8i4.2233

Palavras-chave:

Hibridez; Mercantilização; Persuasão; Publicidade; Revistas.

Resumo

Os anúncios publicitários são formas de comunicação de massa. Um anúncio impresso tem o potencial de atingir milhares de pessoas. Por outro lado, pesquisas sobre comunicação de massa têm demonstrado como um único anúncio se abre a diferentes interpretações. O objetivo deste artigo é analisar anúncios publicitários veiculados em revistas impressas brasileiras pelo viés da Análise Crítica do Discurso, enfatizando aspectos relacionadas aos discursos públicos na modernidade tardia, como a mercantilização da linguagem, a hibridez discursiva e a relação entre os elementos linguísticos e imagéticos na busca de persuadir os consumidores. Para tanto, utilizo as concepções de Chouliaraki e Fairclough (1999), a Gramática do Design Visual, de Kress e van Leeuwen (2006) e pesquisadores que lidam com a linguagem publicitária e sua função persuasiva. Os resultados indicam que a mercantilização da linguagem e a hibridez apresentada nos anúncios analisados configuram-se como importantes estratégias persuasivas usadas pelos produtores dos anúncios na busca de venderem seus produtos.

Biografia do Autor

Leonardo Antonio Soares, Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG

Doutorado em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem pela PUC-SP, mestrado em Estudos Linguísticos e especialização em Ensino de Língua Inglesa, ambos pela UFMG. Professor adjunto na área de Língua Inglesa na Faculdade de Letras da UFMG. E-mail: leons@rocketmail.com

Referências

AUMONT, Jacques. As Teorias dos Cineastas. Campinas, SP: Papirus, 2004.

BOURDIEU, P. A reasoned utopia and economic fatalism. In. New Left Review, nº227. Disponível: https://newleftreview.org/issues/i227/articles/pierre-bourdieu-a-reasoned-utopia-and-economic-fatalism. Acesso: 13mar. 2021.

CALHOUN, C. Critical Social Theory. Ed. Blackwell. London. 1995.

CHOULIARAKI, L; FAIRCLOUGH, N. Discourse in late modernity: rethinking critical discourse analysis. Ed. Edinburgh University Press. Edinburgh. 1999.

FAIRCLOUGH, N. Language and Power. London: Longman, 1989.

_____. Discurso e Mudança Social. Brasília: Editora da UnB, 1992b.

_____. Discourse and Social Change. Cambridge: Polity, 1994.

_____. Media Discourse. London: Hodder Arnold, 1995.

FOWLER, R. et al. Language and Control. London: Routledge & Kegan Paul, 1979.

FUENTES-OLIVERA, P. A. et al. Persuasion and advertising English: Metadiscourse in slogans and headlines. Journal of Pragmatics, n. 33, p. 1291-1307, 2001.

HABERMAS, J. The philosophical discourse of modernity. Ed. MIT Press. Cambridge. 1987b.

HALLIDAY, M. A. K. Language and a Social Semiotic: The social interpretation of language and meaning. London: Edward Arnold, 1978.

_____. An Introduction to Functional Grammar. London: Edward Arnold, 1994.

HODGE, R; KRESS, G. Social semiotics. Ed. Polity Press. Cambridge. 1988.

HODGE, R; KRESS, G. Language as ideology. Ed. Routledge. London. 1993.

HORSLEY, R. Men’s Lifestyle Magazines and the Construction of Male Identity. 2005. Tese de doutorado. University of Leeds, Institute of Communications Studies.

IASBECK, Luiz Carlos Assis. A arte dos slogans: as técnicas de construção das frases de efeito no texto publicitário. São Paulo: Annablume, 2000

JOLY, Martine. Introdução à análise da imagem. Campinas: Ed Papirus, 2009.

KRESS, G.; van LEEUWEN, T. Reading images: The grammar of visual design. London: Routledge, 2006.

_____. Colour as a semiotic mode: notes for a grammar of colour. London: Sage Publications, 2002.

MACKEN-HORARIK, M. Interacting with the multimodal text: reflections on image and verbiage in Art Express. In. Visual Communication, n. 3.1, p. 5-26, 2004.

VAN LEEUWEN, T. The Representation of Social Actors. In. Texts and Practices: Reading in Critical Discourse Analysis. Ed. Routledge. London. p.p. 32-70.

VIVANCO. Verónica. The absence of connectives and the maintenance of coherence in publicity texts. Journal of Pragmatics, n. 37, p. 1233-1249, 2004.

VOLOSINOV, T. Marxism and the philosophy of language. Harvard University Press. Cambridge. 1973.

Downloads

Publicado

14/09/2022

Como Citar

Soares, L. A. (2022). Análise de anúncios publicitários veiculados em revistas brasileiras sob enfoque da ACD. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 8(2). https://doi.org/10.23899/relacult.v8i4.2233

Edição

Seção

Artigos - Fluxo Contínuo