A memória coletiva como contribuição na (re)construção de um perfil do adolescente em conflito com a lei

Autores

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v6i3.2011

Palavras-chave:

Adolescentes, Direito, Memória coletiva, Práticas, Saberes

Resumo

Objetiva-se compreender como a memória coletiva contribui na construção de uma identidade essencializadora do adolescente em conflito com a lei no campo judicial, especificamente nos processos de execução de medida socioeducativa. Para isso o caminho é o de evidenciar os mecanismos de atuação da memória coletiva na construção de um perfil institucional do adolescente ao ser reavaliado na execução da medida socioeducativa de internação pelos agentes estatais. Como objeto empírico foram utilizados documentos oficiais e processos que iniciaram tramitação na Vara da Infância e Juventude de Foz do Iguaçu em 2012. Espera-se com a pesquisa evidenciar a construção de uma memória coletiva essencializadora pelo aparelho estatal sobre o adolescente em conflito com a lei, que está ligada a pobreza e a marginalização espacial, e que conduzem os adolescentes a um tipo de perfil institucional associado a práticas definidas como “cultura do ilícito”.

Biografia do Autor

Thiago Pelegrinelli Engelage, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Docente do Curso de Direito da Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Laura Duarte Marinoski, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Bolsista CAPES, área de Pedagogia, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Referências

ASSMANN, J. Collective Memory and Cultural Identity. In: New German Critique. n. 65, Cultural History/Cultural Studies, (Spring-Summer, 1995), p. 125-133. Disponível em: <http://www.jstor.org/stable/488538>. Acesso em 16/09/2019. (Artigo em Periódico Digital)

BOURDIEU, Pierre. A economia das trocas linguísticas: o que falar quer dizer. 2. ed. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2008. (Obra completa)

CHARTIER, R. História Cultural: entre práticas e representações. Rio de Janeiro: Beltrand Brasil; Lisboa: Difel, 1990. (Obra completa)

D’ALÉSSIO, M. M. Memória: leituras de M. Halbwachs e P. Nora. In: Memória, História, Historiografia: Dossiê Ensino de História. Revista Brasileira de História. São Paulo, v. 13, n. 25/26, p. 97-103, set. 92/ ago. 93. (Artigo em Periódico Físico)

DURKHEIM, É. Sociologia e Filosofia. Rio de Janeiro: Cia. Editora Forense, 1970. (Obra completa)

HALBWACHS, M. A memória coletiva. 2.ed. São Paulo: Centauro, 2006. (Obra completa)

LE GOFF, J. História e memória. 4. ed. Campinas: UNICAMP, 1996. (Obra completa)

NORA, P. Entre memória e história: a problemática dos lugares. In: Projeto História. São Paulo, n. 10, p. 7-28, dez. 1993. (Capítulo de Livro)

POLLAK, M. Memória, esquecimento, silêncio. In: Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v. 2, n. 3, p. 3-15, 1989. (Artigo em Periódico Físico)

POLLAK, M. Memória e identidade social. In: Estudos Históricos. Rio de Janeiro, vol. 5, n. 10, p. 200-212, 1992. (Artigo em Periódico Físico)

WEBER, R; PEREIRA, E. M. Halbwachs e a memória: contribuições à história cultural. In: Revista Territórios e Fronteiras v.3 n.1, p.104-126, 2010. (Artigo em Periódico Físico)

WOODWARD, K. Identidade e diferença: uma introdução teórica e conceitual. In: SILVA, T. T. da; HALL, S.; WOODWARD, K. (orgs). Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. Petrópolis: Vozes, 2000. (Capítulo de Livro)

Downloads

Publicado

02/05/2021

Como Citar

Engelage, T. P., & Marinoski, L. D. (2021). A memória coletiva como contribuição na (re)construção de um perfil do adolescente em conflito com a lei. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 6(3). https://doi.org/10.23899/relacult.v6i3.2011

Edição

Seção

Dossiê: - Patrimônio cultural e memória nas fronteiras