Cultura, patrimônio e turismo: narrativas e sociabilidades urbanas

Autores

  • Maria de Fátima Bento Ribeiro Universidade Federal de Pelotas/UFPEL
  • Cláudio Renato de Camargo Mello Universidade de Cruz Alta - UNICRUZ Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE
  • Ângela Mara Bento Ribeiro Universidade Federal do Pampa - Campus Jaguarão

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v6i2.1780

Palavras-chave:

Cidade, Cultura, Patrimônio, Turismo

Resumo

Para pensarmos em relações interdisciplinares entre cultura, patrimônio e turismo no contexto da cidade do século XXI, entendemos como imprescindível uma mudança crítica de valores, comprometida com transformações sociais, de maneira que da associação destes três vetores possam se estabelecer políticas e ferramentas importantes ao desenvolvimento sustentável. Neste cenário, este artigo tem como objetivo, refletir acerca de como podemos propor metodologias de trabalhar com o acervo histórico e cultural de nossas cidades – e suas relações com o turismo, revelando seus espaços e territórios, tomando como estudo de caso, a cidade de Pelotas, situada no Sul do Brasil e que possui um acervo de “significativo valor histórico, urbanístico e paisagístico”, com ênfase no patrimônio arquitetônico e também uma inegável tradição doceira, que é patrimônio imaterial do Brasil. A metodologia de investigação utilizada é a pesquisa bibliográfica, trazendo as referências dos principais autores que discutem a temática, bem como as atividades e experiências desenvolvidas e vivenciadas pelos autores, no âmbito da produção cultural. A abordagem tem seu foco principal no campo dos estudos culturais, tendo como pano de fundo o contexto da cidade – como categoria da prática social e seus elementos simbólicos – revelados por sua arquitetura e urbanismo e as demais formas de representação e fruição cultural – ilustradas pelos blocos burlescos e pela tradição doceira, entre outros. Como principais resultados, consideramos que as reflexões sobre as tensões entre turismo e patrimônio cultural sejam uma grande contribuição para reflexionarmos sobre novas formas de coexistência entre as estruturas materiais e simbólicas.

Biografia do Autor

Maria de Fátima Bento Ribeiro, Universidade Federal de Pelotas/UFPEL

Professora Associada da Universidade Federal de Pelotas/UFPEL, no curso de Bacharelado em Relações Internacionais. Pós-doutorado em Sociedade, Cultura e Fronteiras da Universidade Estadual do Oeste do Paraná- UNIOESTE. Doutora em História na área de Política, memória e cidade, pela Universidade Estadual de Campinas. Mestre em História na área de História Social, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo/PUC/SP.  mfabento@hotmail.com

Cláudio Renato de Camargo Mello, Universidade de Cruz Alta - UNICRUZ Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Arquiteto e Urbanista. Doutorando do Programa de Pós-graduação em Sociedade, Cultura e Fronteiras da Universidade Estadual do Oeste do Paraná- UNIOESTE Campus de Foz do Iguaçu. Mestre pelo Programa de Pós-graduação Profissionalizante em Patrimônio Cultural- PPGPPC/UFSM. Docente do Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de Cruz Alta – UNICRUZ. arqmel@gmail.com

Ângela Mara Bento Ribeiro, Universidade Federal do Pampa - Campus Jaguarão

Professora Adjunta da Universidade Federal do Pampa – Campus Jaguarão, RS, no curso de Tecnologia em Gestão do Turismo. Doutora em Letras na Universidade Católica de Pelotas. Mestre em Desenvolvimento Regional (UNIOESTE). angetur.ribeiro8@gmail.com

Downloads

Publicado

23/11/2020

Como Citar

Ribeiro, M. de F. B., Mello, C. R. de C., & Ribeiro, Ângela M. B. (2020). Cultura, patrimônio e turismo: narrativas e sociabilidades urbanas. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 6(2). https://doi.org/10.23899/relacult.v6i2.1780

Edição

Seção

Artigos - Fluxo Contínuo