O USO DAS TECNOLOGIAS DIGITAIS NO ENSINAR MATEMÁTICA: recursos, percepções e desafios

Autores

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v5i4.1733

Palavras-chave:

Tecnologias Digitais, Ensinar Matemática, Percepções, Desafios.

Resumo

Com o avanço da tecnologia digital, algumas instituições de ensino como escolas e universidades tem repensado seus valores e práticas de ensino. Utilizou-se de um recorte de pesquisa realizado com estudantes da Universidade Federal do Rio Grande – FURG, curso de Licenciatura em Matemática, matriculados na disciplina de Tecnologias Aplicada à Educação Matemática I. Durante a disciplina uma das atividades os discentes conversaram com doze professores de escolas públicas, sobre o seu fazer pedagógico e a presença das tecnologias digitais nos espaços de atuação e produziram relatórios, com o objetivo de compreender o fazer pedagógico dos professores de Matemática da Educação Básica atrelado ao uso das tecnologias digitais. A partir dos registros gerados para análise utilizou-se a Análise Textual Discursiva (ATD) a fim de compreender o fenômeno investigado através dos discursos produzidos. Neste estudo, discutiu-se três categorias que emergiram da ATD: recursos utilizados pelos docentes, percepções sobre o uso das tecnologias digitais(TD) e desafios no ensinar matemática. A partir dessas três categorias, percebeu-se que os principais recursos utilizados pelos docentes entrevistados tem sido o livro didático e a internet para pesquisa de conceitos. Dentre as principais percepções e desafios está a formação continuada voltada para o uso das tecnologias digitais. No entanto, se faz necessário, repensar os recursos utilizados em sala de aula, bem como criar alternativas que atendam as necessidades dos sujeitos envolvidos e imersos em uma cultura tecnológica e assim contribuir para mudanças significativas no fazer docente no cenário atual.

Biografia do Autor

Raquel Silveira da Silva, Universidade Federal do Rio Grande-FURG

Mestre em Educação em Ciências pela Universidade Federal do Rio Grande-FURG. Especialista em Tecnologias da Informação e Comunicação na Educação-FURG. Graduada em Licenciatura em Matemática pela mesma universidade.

Tanise Paula Novello, Universidade Federal do Rio Grande-FURG

Professora da FURG vinculada ao Instituto de Matemática, Física e Estatísitca (IMEF). Possui graduação em Licenciatura em Matemática pela Universidade Federal do Rio Grande (2001), mestrado em Educação Ambiental pela Universidade Federal do Rio Grande (2006) e doutorado em Educação Ambiental pela mesma Instituição (2011). 

Referências

ABREU, M. D. P. A Laboratório de Matemática: um espaço para a formação continuada do professor- Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Maria, Rio Grande do Sul, 1997.

BATES, T. Educar na era digital: design, ensino e aprendizagem. São Paulo: Artesanato Educacional, 2016. ISBN 9788564803060.

BORBA, M. C; PENTEADO, M. G. Informática e educação matemática. Belo Horizonte: Autêntica, 2001. 98p. ISBN 9788575260210.

CANAVARRO, A. P. Concepções e práticas de professores de matemática: três estudos de casos.1993. 361f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Departamento de Educação da Faculdade de Ciências, Universidade de Lisboa, Lisboa, 1994.

CERUTTI, E; NORA, M. D. Reflexões sobre a Cibercultura no ensino superior: um olhar sobre os cursos de licenciatura. Conhecimento & Diversidade, Niterói, v. 9, n. 18, p. 32–46, jul./set. 2017. Disponível em: https://revistas.unilasalle.edu.br/index.php/conhecimento_diversidade/article/viewFile/4099/pdf. Acesso em: 2 out. 2019.

FREITAS, L. S. De imigrante à aprendente digital: A formação de um e-professor. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal do Rio Grande. Programa de Pós – Graduação em Educação em Ciências: química da vida e saúde, Rio Grande RS, 2016.

GATTI, B. A. Formação de professores no Brasil: características e problemas. Educação & Sociedade, v. 31, n. 113, 2010. ISBN 8585701471.

GAUTÉRIO, V. L. B; RODRIGUES, S. C. O aprender em ambientes de aprendizagem: Configurando uma cultura escolar. 1. ed. Deutschland: Novas Edições Acadêmicas, 2017. v.1.

KAPLAN, A. HAENLEIN, M. Users of the word, unite! The challenges and opportunities of social media, Business Horizons, Vol. 53, Nº1, pp. 59-68, 2010. In. BATES, T. Educar na era digital: design, ensino e aprendizagem. São Paulo: Artesanato Educacional, 2016. ISBN 9788564803060.

KENSKI, V. M. Tecnologias e Ensino Presencial e a Distância. Campinas, SP: Papirus, 2003. 144 p. ISBN 8530807081.

KENSKI, V. M. Educação e Tecnologias: O novo ritmo da informação. Campinas, SP: Papirus, 2007.ISBN 9788530808280.

KENSKI, V. M. Educação e Internet no Brasil. ResearchGate. University of São Paulo.Disponível em https://www.researchgate.net/publication/281121751_Educacao_e_Internet_no_Brasil. Acesso em: 24 de mai. 2019.

MENDES, I. A. Matemática e investigação em sala de aula. Tecendo redes cognitivas na aprendizagem. São Paulo: Livraria da Física, 2009.ISBN 9788578610180.

MORAES, M. C. O paradigma educacional emergente. Campinas: Papirus, 2012. ISBN 8530804783.

MORAES, R; GALIAZZI, M. C. Análise textual discursiva. Ijuí: Unijuí, 2007.ISBN 9788574296098.

MORAN, J. M; MASETTO, M; BEHRENS, M. A. Novas tecnologias e mediação pedagógica. Campinas, SP: Papirus, 2014. ISBN 8530805941.

PRENSKY, M. Digital natives, Digital Immigrants. On the Horizon. Vol. 9, Nº.5, 2001.ISSN 10748121.

PRETTO, N. L. O desafio de educar na era digital: educações. Revista Portuguesa de Educação, Minho, v.24, n. 1, 2011. p. 95 -118.

RAMAL, A. C. Histórias de gente que ensina e aprende. Bauru, SP: EDUSC, 1999.ISBN 8586259802.

RIBEIRO, O. J. Educação e novas tecnologias: um olhar para além da técnica. In: COSCARELLI, C. V. RIBEIRO, A. E. (Org.). Letramento digital: aspectos sociais e possibilidades pedagógicas. 3º ed. Belo Horizonte: Ceale: Autêntica, 2005. p.86 -97.ISBN 85-7526-170-3.

VIANA, M. Sou Educador: ensino fundamental II.1.ed.- São Paulo: Eureka, 2016. ISBN 9788555671517.

Downloads

Publicado

29/03/2020

Como Citar

da Silva, R. S., & Novello, T. P. (2020). O USO DAS TECNOLOGIAS DIGITAIS NO ENSINAR MATEMÁTICA: recursos, percepções e desafios. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 6(4). https://doi.org/10.23899/relacult.v5i4.1733

Edição

Seção

V - Encontro Humanístico Multidisciplinar