Projeto de Extensão Pedagógica do Ilê Aiyê: uma proposta decolonial de educação

Autores

  • Daniele Santos Santana Universidade de brasília

DOI:

https://doi.org/10.23899/relacult.v5i5.1489

Palavras-chave:

Arte, Cultura Afro-brasileira, Educação, Ilê Aiyê

Resumo

O presente estudo tem por objetivo investigar os projetos educacionais desenvolvidos pelo bloco afro Ilê Aiyê, tendo em vista sua importância na valorização da cultura afro-brasileira, a fim de destacar as principais atividades artístico-pedagógicas desenvolvidas pelo Bloco Carnavalesco para a promoção do debate sobre as questões étnico-raciais. Para tanto, faz-se uma pesquisa histórica da trajetória do bloco em questão, desde a sua criação, em 1974, na cidade de Salvador, Bahia, depois pela sua consolidação enquanto instituição de ensino formal com projetos de cunho pedagógico até o alcance dos Projetos de Extensão Pedagógica – fruto das ideologias ali defendidas, a saber: Banda Erê, Escola Mãe Hilda, Escola Profissionalizante e os Cadernos de Educação.

Biografia do Autor

Daniele Santos Santana, Universidade de brasília

Mestra em Arte; docente da educação básica.

Referências

ASANTE, Molefi Kete. Afrocentricidade: notas sobre uma posição disciplinar. In: NASCIMENTO, Elisa Larkin (Org.). Afrocentricidade: uma abordagem epistemológica inovadora. São Paulo: Selo Negro, 2009. (Sankofa: matrizes africanas da cultura brasileira vol. 4).

BALLESTRIN, Luciana. “América Latina e o giro decolonial”. Revista Brasileira de Ciência Política, n. 11, Brasília, maio-agosto de 2013, PP. 88-117.

BARBOSA, Ana Mae. Arte-Educação no Brasil. São Paulo: Perspectiva, 2010.

CADERNO DE EDUCAÇÃO DO ILÊ AIYÊ. O negro e o poder. Vol. XIV. Projeto de Extensão Pedagógica. Salvador: EGBA, 2006.

DUARTE JÚNIOR, João Francisco. Por que Arte-Educação? São Paulo: Papirus, 1996.

FERRAZ, Maria Eloísa C. de T. & FUSARI, Maria F. de Rezende e. Metodologia do Ensino da Arte. São Paulo: Cortez, 1993.

MOREIRA, Anália de Jesus. As concepções de corpo na associação bloco Carnavalesco Ilê Aiyê: um estudo a partir da história do Bloco e das práticas pedagógicas das escolas Banda Erê e Mâe Hilda. 2013. 138 p. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação e Educação, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2013. Disponível em: <https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/13621/1/TESE%20DE%20ANALIA%20DE%20JESUS%20MOREIRA.pdf>. Acesso em: 25 abr. 2016.

SODRÉ, Muniz. O terreiro e a cidade: a forma social negro-brasileira. Petrópolis, RJ: Vozes, 1988.

Downloads

Publicado

31/05/2019

Como Citar

Santana, D. S. (2019). Projeto de Extensão Pedagógica do Ilê Aiyê: uma proposta decolonial de educação. RELACult - Revista Latino-Americana De Estudos Em Cultura E Sociedade, 5(5). https://doi.org/10.23899/relacult.v5i5.1489

Edição

Seção

II - Seminário Latino-Americano de Estudos em Cultura