Um Olhar Sobre a Indústria Musical: Limites e Possibilidades para uma Contra Hegemonia.

Rebecca Nora, Rafaela De Souza Ribeiro

Resumo


Esse artigo tem como objetivo analisar o papel central que a Indústria Musical exerce enquanto sustentáculo da hegemonia burguesa, atualmente expressa pelo modo de produção racista-patriarcal-capitalista, bem como as mudanças ocorridas nesta devido à revolução digital. Esse trabalho se constitui sob o arcabouço teórico marxista, que à luz gramsciana permite analisar dialeticamente os limites e possibilidades instauradas pela revolução técnico-cientifico-informacional no cotidiano das relações sociais. Destaca-se, em conclusão, a importante contribuição do debate no campo da ética apresentado por Maria Lúcia Silva Barroco para a elaboração desse trabalho. 


Palavras-chave


cultura; hegemonia; industria musical

Texto completo:

PDF

Referências


ADORNO, Theodor, W. Indústria Cultural e Sociedade. 5 ed. São Paulo: Editora Paz e Terra S/A, 2009.

ALBORNOZ, L. A.; HERSCHMANN, M. Transformações Recentes Da Indústria Da Música. In: ENCONTRO DE ESTUDOS MULTIDISSIPLINARES EM CULTURA, 2009, Bahia. Anais... Bahia, 2009.

BARROCO, Maria Lúcia Silva. Ética e serviço social: fundamentos ontológicos. 3 ed. São Paulo: Cortez, 2005.

CHAUI, Marilena. Simulacro e poder: uma análise da mídia. 1 ed. São Paulo: Editora Fundação Perseu Abramo, 2006. p, 20-30.

CISNE, Mirla. Feminismo e consciência de classe no brasil. São Paulo: Cortez, 2014. 276 p.

COUTINHO, Carlos Nelson. Marxismo e política: a dualidade de poderes e outros ensaios. São Paulo: Cortez, 1994.

DAVIS, Angela. Mulher, raça e classe. São Paulo: Boitempo, 2016.

EAGLETON, Terry. A idéia de cultura. 2 ed. São Paulo: Fundação Editora da UNESP (FEU), 2011.

FERNANDES, Wagner. Conexão: renascimento cultural e iluminismo, 2011. Disponível em: . Acesso em: 4 de fev. 2017.

VICENTE, Eduardo. Indústria da música ou indústria do disco? A questão dos suportes e de sua desmaterialização no meio musical. Rumores, nº2, p. 194 – 213, julh-dez. 2012.

VIEIRA, C. A. Cultura e formação humana no pensamento de Antônio Gramsci. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 25, n. 1, p. 51-56, 2002.

WILLIAMS, Raymond. Palavras-chaves: Um vocabulário de cultura e sociedade. 1 ed. São Paulo: Boitempo Editorial, 1983.




DOI: http://dx.doi.org/10.23899/relacult.v3i3.589

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Rebecca Nora, Rafaela De Souza Ribeiro

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

RELACult - Revista Latino-Americana de Estudos em Cultura e Sociedade

e-ISSN: 2525-7870

Facebook - Twitter - Instagram

Endereço eletrônico: relacult@claec.org


Qualis CAPES: B2 - Ensino; B4 - Interdisciplinar; B5 - Ciência Política e Relações Internacionais; B5 - Comunicação e Informação; B5 - Letras/Linguística; B5 - Ciências Agrárias I; C - Ciências Biológicas II; C - Direito; C - História e C - Sociologia.

 

Responsável Editorial:

Editora CLAEC - Centro Latino-Americano de Estudos em Cultura

www.claec.org/editora

Endereço eletrônico: editora@claec.org