Reflexões sobre Comportamentos Alimentares de Universitários Estrangeiros em Foz Do Iguaçu-PR

PAOLA STEFANUTTI, Marcela Sobreira Sepúlveda Almendra, Gislaine Silveira Simões, Paula Marasca Oro

Resumo


Estudar fora do país de origem permite ao estudante estrangeiro vivenciar novos desafios inerentes à vida universitária, inclusive adaptar-se a uma nova alimentação com base nos ingredientes disponíveis. Este estudo teve como objetivo realizar reflexões sobre o comportamento alimentar de universitários estrangeiros da Universidade Federal da Integração Latino Americana (UNILA). Foi utilizada metodologia qualitativa, por meio de questionário bilíngue aplicado a universitários voluntários da referida universidade. Com a aplicação do questionário realizou-se uma discussão baseando-se nos itens tempo, dinheiro, conhecimento culinário e nutricional, alimentos consumidos e padrão de compras de alimentos. Acrescentou-se ainda um diálogo sobre as adaptações alimentares dos universitários e suas dificuldades, reforçando o alimento com um fator identitário.  Espera-se que esta pesquisa possa contribuir para outras análises, promovendo uma aproximação entre nutrição e ciências sociais, entendendo a alimentação como um fenômeno social a ser analisado de forma interdisciplinar.


Palavras-chave


alimentação saudável; América-latina; universitários.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Lei 12.189 de 12 de janeiro de 2010. Dispõe sobre a criação da Universidade da Integração Latino-Americana – UNILA e dá outras providências. Disponível em: Acesso em: 05 abr. 2017.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Guia alimentar para a população brasileira. 2. ed. Brasília: Ministério da Saúde, 2014.

GARCIA, Rosa Wanda Diez. Alimentação e saúde nas representações e práticas alimentares do comensal urbano. In: CANESQUI, Ana Maria; GARCIA, Rosa Wanda Diez. (Org.). Antropologia e nutrição: um diálogo possível. Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ, 2005. p. 211-225.

GIARD, Luce. Artes de nutrir. In: CERTEAU, Michel de; GIARD, Luce; MAYOL, Pierre. A invenção do cotidiano: 2. Morar, cozinhar. Tradução: Ephraim Ferreira Alves e Lúcia Endlich Orth. 7 ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008. p. 211-332.

GUIMARÃES, Camila Aude. A feira livre na celebração da cultura popular. 2010. Disponível em: . Acesso em: 18 abr. 2017.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Censo da Educação Superior 2014. Notas Estatísticas. Disponível em: . Acesso em: 08 jun. 2017.

ORTIZ, Renato. Mundialização e Cultura. São Paulo: Brasiliense, 2003.

POLLAN, Michael. Cozinhar: Uma História Natural da Transformação. Tradução: Cláudio Figueiredo. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2014.

SICHIERI, Rosely; COITINHO, Denise C.; MONTEIRO, Josefina B.; COUTINHO, Walmir F.. Recomendações de alimentação e nutrição saudável para a população brasileira. Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia. 2000, vol.44, n.3, pp.227-232. Disponível em: . Acesso em: 13 jun. 2017.

UNILA. Universidade da Integração Latino-Americana. A vocação da UNILA. Disponível em: Acesso em: 20 abr. 2017.

UNILA. Universidade da Integração Latino-Americana. Disponível em: UNILA em Números. Acesso em: 26 abr. 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.23899/relacult.v3i2.544

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 PAOLA STEFANUTTI, Marcela Sobreira Sepúlveda Almendra, Gislaine Silveira Simões, Paula Marasca Oro

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Qualis CAPES (2013-2016):

B5 - Ciência Política e Relações Internacionais; B5 - Ciências Agrárias I; C - Ciências Biológicas II; B5 - Comunicação e Informação; C - Direito; B2 - Ensino; C - História; B4 - Interdisciplinar; B5 - Letras/Linguística e C - Sociologia.

 

e-ISSN 2016/Atual: 2525-7870 | e-ISSN 2015/2016: 2447-018X

Realização:

Editora CLAEC - Centro Latino-Americano de Estudos em Cultura

Endereço Eletrônico: relacult@claec.org


Contador disponível desde 05/2016.

universidades e ensino superior
contador de visitas